Técnicos em enfermagem do Pequeno Anjo fazem paralisação por melhores salários em Itajaí - Cidades - O Sol Diário
 
 

Braços cruzados17/01/2014 | 09h41

Técnicos em enfermagem do Pequeno Anjo fazem paralisação por melhores salários em Itajaí

Um grupo de cerca de 30 funcionários da unidade hospitalar decidiram suspender atividades por 24 horas

Técnicos em enfermagem do Pequeno Anjo fazem paralisação por melhores salários em Itajaí Mariana Feitosa/Agência RBS
Foto: Mariana Feitosa / Agência RBS

Técnicos de enfermagem do Hospital Universitário Pequeno Anjo, administrado pela Fundação Universidade do Vale do Itajaí (Univali), protestam por melhores salários na manhã desta sexta-feira, em Itajaí.

Um grupo de cerca de 30 funcionários da unidade hospitalar decidiram fazer uma paralisação por 24 horas. Com faixas os técnicos em enfermagem iniciaram a manifestação às 7h e reivindicam mudança no piso salarial da categoria na região.

- O nosso salário está muito baixo em relação a região de Florianópolis e Joinville. A grande maioria dos profissionais acabam indo para outras cidade. Nós ganhamos R$ 5,11 por hora e nosso salário base é R$ 1.227, isso é um absurdo - explica Bianca Rafaela Pereira, técnica em enfermagem e uma das organizadoras da paralisação.

Segundo ela, que trabalha há mais de quatro anos no Hospital Universitário Pequeno Anjo, ontem a comissão responsável pela paralisação se reuniu com o reitor da Univali, Mário Cesar dos Santos

- O reitor nos passou que não tem negociação e que a situação ficará assim até a saída do dissídio que vai ocorrer em março - ressalta.

De acordo com os organizadores do movimento o atendimento dos pacientes não será prejudicado, pois 30% dos técnicos em enfermagem continuam trabalhando e se revezando durante essas 24h da paralisação.

O SOL DIÁRIO

O Sol Diário
Busca