Dicas ajudam a economizar água durante dias de calor em Santa Catarina - Cidades - O Sol Diário
 

Abastecimento em alerta08/02/2014 | 06h11

Dicas ajudam a economizar água durante dias de calor em Santa Catarina

Poucas chuvas e calor prolongado preocupam Casan que já monitora fontes de captação com níveis abaixo do normal

Dicas ajudam a economizar água durante dias de calor em Santa Catarina istockphoto/istockphoto
Uma torneira pingando chega a desperdiçar 40 litros de água por dia Foto: istockphoto / istockphoto

A falta de chuvas regulares, com pelo menos 15 dias sem um volume considerável, aliada às ondas de calor excessivo e, consequentemente o alto consumo de água, têm colocado em alerta o sistema de abastecimento em Santa Catarina. Com isso, a recomendação é economizar.

Pelo menos seis fontes de captação, monitoradas pela Casan, estão com níveis cerca de 40% abaixo do normal. Apesar de a situação ser preocupante, a Casan prefere ainda não cogita aplicar o rodízio no abastecimento, mas é uma possibilidade caso o volume continue baixando.

— Estamos atendendo a população razoavelmente bem, mas os mananciais estão baixos — alerta o diretor de operação e meio ambiente da Casan, Valter Gallina.

A previsão não é animadora. De acordo com o serviço de meteorologia da Epagri/Ciram, chuvas regulares no Estado ocorreram apenas na primeira quinzena de janeiro e só voltará a se repetir depois da segunda quinzena de fevereiro. Para contribuir, o consumidor pode seguir as dicas simples da Casan para evitar a falta de água e os racionamentos.

Atividades com maior desperdício de água/dia

Torneira gotejando: 40 litros diários
Torneira aberta durante 5 minutos: 80 litros diários
Banho de 15 minutos: 243 litros
Lavar a calçada com mangueira por 15 minutos: 279 litros
Descarga de água no vaso sanitário: 20 litros

Regiões mais críticas

Entre as mais críticas, com cerca de 40% abaixo do nível normal estão em Porto Belo e Barra Velha, Litoral Norte; praia da Daniela e no Monte Verde, em Florianópolis; Lajeado São José, em Chapecó, e Pinhalzinho, no Oeste catarinense.

Previsão do tempo

Tudo indica que a quebra do padrão seco e quente deve ocorrer a partir do dia 13 com previsão de chuva mais abrangente e persistente no Estado, com acumulados mais significativos, e, na sequencia, a tão esperada diminuição da temperatura.

Vazamento de água

Ao constatar vazamento de água, ligue para a Casan no número 0800-6430195 e dar a localização do problema. Um protocolo será gerado e servirá do comprovante para o prazo estabelecido de 24 horas para consertar o vazamento. A Casan vai avaliar a ordem cronológica dos pedidos e também a relevância do vazamento.

DIÁRIO CATARINENSE

Notícias Relacionadas

Onda de calor 03/02/2014 | 23h09

Com falta de chuva, população deve economizar água em Santa Catarina

Possibilidade de rodízio no abastecimento deixa moradores em alerta

Desabastecimento 31/01/2014 | 18h37

Abastecimento de água está ameaçado em Santa Catarina

Casan não descarta a possibilidade de adotar um sistema de rodízio na Grande Florianópolis

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioLeandro Pereira quer fazer ano melhor do que em 2014 pela Chapecoense https://t.co/RRDfbyOVwmhá 8 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioMilton Cruz sinaliza Figueirense com mesma formação pela terceira vez seguida https://t.co/tL3u3H9mW5há 9 horas Retweet
O Sol Diário
Busca