Vítimas de abuso sexual podem se recuperar do trauma, mas precisam de acompanhamento psicológico - Cidades - O Sol Diário
 
 

Vítimas do medo15/07/2014 | 06h02

Vítimas de abuso sexual podem se recuperar do trauma, mas precisam de acompanhamento psicológico

As sequelas de uma vida de abusos e de reclusão forçada continuam presentes depois que casos como o de Rio Negrinho, em que o pai estuprou as filhas, são descobertos

Vítimas de abuso sexual podem se recuperar do trauma, mas precisam de acompanhamento psicológico Rodrigo Philipps/Agencia RBS
Pai que violentava filhas há quase duas décadas foi preso em Rio Negrinho. Seis crianças foram geradas nesses estupros, e uma sétima está por nascer Foto: Rodrigo Philipps / Agencia RBS

As sequelas de uma vida de abusos e de reclusão forçada continuam presentes depois que casos como o de Rio Negrinho são descobertos, avalia o psicólogo do Centro de Direitos Humanos (CDH) de Joinville, Nasser Haidar Barbosa. Mas, com acompanhamento psicológico e trabalhos de ressocialização, é possível garantir às vítimas uma vida normal.

— É possível de se recuperar, de dar novo significado aos papéis sociais, ao papel masculino. Isso é trabalho coletivo, de ressocialização assistida, levando as crianças à escola, gradativamente. Pode existir um sentimento de culpa e até situações de discriminação. Há questões que precisam ser trabalhadas porque a vítima terá de conviver com isso — diz.

A dominação física e psicológica sobre as vítimas, diz ele, são comuns em casos que demoram tanto tempo até serem descobertos. Na maioria das vezes, as mães das crianças abusadas também são ameaçadas.

— Geralmente se tem uma família dominada pelo homem, machista. Não é incomum que esses casos sejam em locais mais retirados, onde há uma cultura atrasada de liberação sexual feminina. O grande problema é ainda vivermos uma cultura de abuso, como se a mulher fosse uma propriedade masculina.

A delegada Marilisa Boehm, titular da DP da Mulher, Criança e Adolescente de Joinville, soube do caso de Rio Negrinho por meio de "A Notícia". Na avaliação dela, é provável que as duas filhas tenham crescido sem se dar conta de que eram abusadas e, quando próximas da vida adulta, tenham silenciado por medo.

— Há muita pressão pelo lado emocional. Quando ainda não se tem a noção do que é certo ou errado, tudo para a criança abusada pode parecer certo. Isto porque é o pai quem está fazendo.

A privação de convívio social, diz Marilisa, contribuiu para que o caso levasse tanto tempo até ser descoberto.

Denuncie:

100

Disque Direitos Humanos

181
Polícia Civil

:: Leia outros destaques da editoria de Segurança ::

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Após denúncia anônima 14/07/2014 | 12h33

Homem que estuprava duas filhas desde a infância é preso em Rio Negrinho, no Planalto Norte do Estado

Suspeito confessou o crime em depoimento e afirmou à polícia que todas as crianças são filhas dele

Crime contra a criança 12/07/2014 | 10h16

Falta de punição e de amor são alguns dos problemas da violência infantil, avaliam psicólogas

Elas têm sede de ajudar e procuram proporcionar momentos de alegria e de verdadeira infância aos pacientes, ainda que isso ocorra apenas durante o atendimento

Crime contra a criança 12/07/2014 | 10h07

Para promotor, casos de tortura são incomuns em Joinville

Além da menina gaúcha, o caso mais recente que chegou à Justiça foi o de três crianças que moravam com a mãe e o padrasto

Crime contra a criança 09/07/2014 | 07h57

Homem é preso por torturar menina de 8 anos em Joinville

Lourival Bremen, de 48 anos, foi condenado na segunda-feira. Casal de tios que era responsável legal pela criança também foi condenado

Maus-tratos 27/05/2014 | 22h06

Vizinhos de idoso se surpreendem por possibilidade de maus-tratos em Joinville

Após ser encontrado amarrado dentro de casa, idoso morreu horas depois no hospital

Maus-tratos 27/05/2014 | 18h39

Idoso que pode ter sido vítima de maus-tratos morre no Hospital São José em Joinville

Segundo médico, homem tinha sinais de desidratação e estava em péssimas condições de higiene

Maus-tratos 14/04/2014 | 08h01

Tia avalia adoção de crianças torturadas por mãe e padrasto em Joinville

Irmãos continuam em abrigo. Promotor da Vara da Infância e Juventude informa que funcionários da casa estão fazendo trabalho de aproximação entre as crianças e tia

Planalto Norte 10/04/2014 | 14h58

STF nega recurso a professor condenado por estupro em Monte Castelo

Adão Adelino Lemos teve a sentença de 23 anos e quatro meses mantida pelo Supremo Tribunal Federal. Pelo menos 16 famílias registraram denúncia

Crueldade 28/02/2014 | 19h01

Promotor entra com pedido de destituição familiar de crianças vítimas de maus-tratos em Joinville

Irmãos estão vivendo em um abrigo desde a última segunda-feira, quando saíram do hospital

Violência 24/02/2014 | 16h49

Crianças vítimas de maus-tratos saem do hospital e são levadas para abrigo de Joinville

Irmãos deixaram o Hospital Materno no início da tarde desta segunda-feira

Crueldade 23/02/2014 | 21h21

Crianças vítimas de maus-tratos devem ser levadas para casa de acolhimento em Joinville

Casal responsável pelas crianças foi preso na sexta-feira

Zona Leste 21/02/2014 | 14h37

'Achei estranho aquelas batidas na parede', diz vizinho que denunciou maus-tratos de crianças em Joinville

Flagrante ocorreu na madrugada desta sexta-feira no bairro Aventureiro

Sob suspeita 09/05/2013 | 00h45

Pais perdem a guarda de crianças por causa de maus-tratos em Joinville

Segundo laudo, um dos filhos apresenta fratura de crânio e de tórax

Coragem depois do drama 08/12/2012 | 11h22

Mães que denunciaram professor por abuso sexual sofrem hostilidade em Monte Castelo

Mulheres se uniram para pedir justiça ante as denúncias confirmadas pelas 16 filhas

O Sol Diário
Busca