Combate a farra do boi em Santa Catarina ainda não começou - Cidades - O Sol Diário
 

Atraso?09/03/2015 | 07h04

Combate a farra do boi em Santa Catarina ainda não começou

Ações e reponsabilidades de cada instituição serão definidos nesta terça em reunião na Capital

Combate a farra do boi em Santa Catarina ainda não começou Jandyr Nascimento/Agencia RBS
Semana Santa concentra ocorrências da prática, que é proibida desde 1997 Foto: Jandyr Nascimento / Agencia RBS

A operação para combater a farra do boi em Santa Catarina vai começar mais tarde neste ano. Ações como as barreiras de fiscalização e o reforço policial no Litoral Norte e Grande Florianópolis, regiões onde há maior incidência do crime, serão concentradas na Semana Santa. Conforme o Comando-Geral da Polícia Militar no Estado, é especialmente neste período que costuma aumentar a ocorrência da prática — proibida desde 1997.

No ano passado a PM e o Ministério Público — responsáveis pela operação — anunciaram as ações que seriam feitas ainda no fim de fevereiro, já com o protocolo de intenções assinado pelos demais órgãos e autoridades que participariam da operação. Neste ano a reunião do Comando-Geral da PM e da Coordenadoria do Centro de Apoio Operacional do Meio Ambiente do MP com as prefeituras, Secretarias de Desenvolvimento Regionais, Polícia Rodoviária Federal, Cidasc, Ibama, Fatma e ONGs de proteção animal ocorrerá nesta terça-feira, às 10h, na sede da PM em Florianópolis. Passados 20 dias do início da quaresma, período em que a farra do boi é praticada.

— Temos registrado diminuição nas ocorrências nos últimos anos antes do período de Páscoa, por isso estamos focando as ações na Semana Santa — justificou o chefe da Seção de Operações da PM no Estado, tenente-coronel Ricardo de Souza.

Apesar de ainda não ter sido registrada ocorrência de farra do boi no Estado neste ano, Souza informa que foram recebidas 35 denúncias em Florianópolis, quatro em Governador Celso Ramos e uma em Itapema.

— Ao atender a ocorrência, em nenhuma delas os policiais conseguiram flagrar o boi ou os farristas — esclarece.

O reforço policial para cidades como Navegantes e Bombinhas, onde a prática é bastante comum, ainda não foi definido. De acordo com o comandante da 3ª Região da PM (responsável pelo Litoral Norte), o coronel Reinaldo Boldori, o aumento no número de policiais será estipulado com base em relatórios que estão sendo produzidos pelo setor de inteligência. 

Segundo a PM, no ano passado foram registradas 65 ocorrências de farra do boi em Santa Catarina. Em oito delas houve confronto e em sete, a prisão de pessoas. O caso mais emblemático ocorreu no fim de março de 2014 em Navegantes, quando Gabriel Felício Rodrigues, 15 anos, levou um tiro na perna disparado pela PM.

Haverá barreiras no Litoral Norte e Grande Florianópolis

Serão montadas barreiras fixas e móveis, espécies de blitz, nas cidades do Litoral Norte e na Grande Florianópolis para fiscalizar os veículos de transporte de animais ou com capacidade para carregar um boi, por exemplo, durante a Semana Santa.

Conforme o chefe da Seção de Operações da PM no Estado, o tenente-coronel Ricardo de Souza, a Cidasc encaminha todas as guias de transporte animal (GTA) emitidas no período para que a PM possa controlar o trânsito deles e, durante as fiscalizações, verificar se há algo errado.

As Secretarias de Desenvolvimento Regional são responsáveis por contratar os laçadores e caminhões para o transporte dos animais em caso de apreensão e a Cidasc define o destino do animal. 
 
Campanha de prevenção nas escolas

Começou na última terça-feira a campanha de educativa sobre a farra do boi promovida pela Polícia Militar Ambiental em escolas municipais e estaduais. Nesta fase inicial as palestras estão ocorrendo em colégios de Governador Celso Ramos, na Grande Florianópolis. Nos próximos dias a ação também deve abranger escolas de Itapema, Bombinhas, Tijucas e Florianópolis.

A PM fará ainda um concurso de redação com o tema farra do boi. Os melhores textos serão encaminhados pelas escolas para as Secretarias de Desenvolvimento Regional — mesmo os textos das instituições municipais — e deles serão escolhidos dois que irão para o Comando-Geral da PM no Estado. A premiação está prevista para ocorrer no fim deste mês.

>

O SOL DIÁRIO

O Sol Diário
Busca