Caminhão Cata Treco vai recolher itens descartados em Itajaí - Cidades - O Sol Diário
 

Ajuda17/02/2016 | 10h34

Caminhão Cata Treco vai recolher itens descartados em Itajaí

Serviço começa a operar a partir desta quinta-feira

Caminhão Cata Treco vai recolher itens descartados em Itajaí Victor Schneider/Divulgação
Serviço começa a operar nesta quinta-feira Foto: Victor Schneider / Divulgação

Um caminhão-baú que até então transportava equipamentos esportivos dos atletas de Itajaí em competições ganhou uma nova função: a partir desta quinta-feira ele é o veículo que vai percorrer as ruas da cidade recolhendo móveis e eletrodomésticos descartados pelos moradores. Batizado de Cata Treco, o projeto é também uma tentativa da prefeitura de ter mais um aliado no combate aos focos do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

— Vai ser parecido com o Caminhão do Peixe, mas ao invés de ficar um dia parado em uma localidade, o Cata Treco vai percorrer os bairros — explica o secretário de Obras, Tarcízio Zanelato, responsável pelo projeto.

Ainda sem itinerário definido _ uma reunião marcada para esta quarta-feira vai bater o martelo sobre o cronograma de atendimento _ o caminhão, conforme Zanelato, vai passar em todos os bairros da cidade. Com equipamento de som, os moradores serão alertados sobre a proximidade do veículo. Quem quiser fazer o descarte poderá acenar para o motorista, que vai atender e fazer o recolhimento.

Segundo o secretário, não serão aceitos móveis molhados ou restos de construção, como madeira e tijolos. Já computadores, mesas, cadeiras, armários, pias, fogões, geladeiras e demais eletrônicos ou eletrodomésticos serão recolhidos. 

— Fizemos uma parceria com a Reciclavale e os eletrônicos que não poderão ser doados à terceiros serão cedidos à cooperativa para o descarte correto. Já móveis em bom estado, como um sofá, também vão ser doados — detalha o secretário ao reforçar que os funcionários não irão recolher produtos e itens deixados nas calçadas.

A ideia de fazer o caminhão rodar pelos bairros é inicial e o programa poderá sofrer alterações. Por conta do tamanho da cidade e distanciamento das localidades, o secretário já adianta que há possibilidade de agendar o recolhimento das peças.

Iniciativa deve diminuir descarte em terrenos baldios

Zanelato explica que, além de ajudar a comunidade a fazer o descarte correto de itens e produtos sem uso, o projeto Cata Treco deve resolver o problema de depósito irregular em terrenos baldios pela cidade. 

— Quem faz isso está arranjando um problema para si mesmo. Um fogão, dependendo de como ele foi jogado lá (no terreno baldio), vai acumular água da chuva e pode ser mais um foco de dengue — alerta o secretário.

Atualmente, a Secretaria de Saúde contabiliza 16 casos confirmados da doença em Itajaí – nove de pessoas infectadas fora do município.

COMO FUNCIONA 

- O Cata Treco começa a funcionar nesta quinta-feira. 
- Os itinerários do caminhão serão definidos em reunião, mas todos os bairros devem ser atendidos. 
- O caminhão passará lentamente pelas ruas, dando tempo para o morador acioná-lo.
- Os funcionários não vão recolher produtos deixados nas calçadas ou itens molhados. 
- O que o caminhão vai coletar: sofás (não necessariamente em bom estado), televisores, computadores, liquidificadores, mesas e cadeiras, guarda-roupas, pias, fogões, geladeiras e eletrônicos em geral.
- Restos de construção, como madeiras e tijolos, e produtos molhados não serão aceitos pelo Cata Treco.

O SOL DIÁRIO

O Sol Diário
Busca