Carolina Bahia: "Denúncia contra Lula é o começo do fim" - Cidades - O Sol Diário

Opinião15/09/2016 | 07h03

Carolina Bahia: "Denúncia contra Lula é o começo do fim"

Lideranças petistas já esperavam que os procuradores da Lava-Jato apresentassem denúncia contra Lula. Mas nem em seus piores pesadelos imaginaram que o Ministério Público Federal fosse lançar tamanho petardo contra o ex-presidente. Lula foi chamado de general do maior esquema de desvio de recursos do país, denunciado por corrupção e lavagem de dinheiro. É o começo do fim dos planos do PT, que ainda sonhava em voltar ao poder em 2018.

Como disse o próprio procurador Deltan Dallagnol – lembrando o processo do Mensalão –, desta vez Lula não poderá alegar que “não sabia de nada”. Ele deixou digitais. A denúncia aponta que o ex-presidente foi beneficiado pelas relações nada republicanas com as grandes empreiteiras. As acusações, que se estendem à ex-primeira-dama Marisa Letícia, dizem respeito ao famoso tríplex do Guarujá. Essa seria a prova material da propina. Mas Lula é acusado de liderar a engrenagem chamada da “propinocracia”.

Mergulhado em uma crise externa e interna, o PT tinha no ex-presidente a grande esperança de voltar ao poder em 2018. Com essa denúncia avassaladora, os planos políticos começam a desmoronar. Se o juiz Sérgio Moro aceitar a denúncia, o que é tendência, Lula será réu por duas vezes. Na prática, se condenado, ele ficará sem condições políticas e jurídicas de concorrer em 2018.

Tudo isso ocorre 15 dias depois do impeachment de Dilma Rousseff. Embalada pela narrativa do golpe, a militância estenderá o argumento ao ex-presidente. A vitimização do ex-presidente e o discurso da perseguição já começaram. Mas só vai atrás dessa conversa quem está cego pela paixão partidária. A denúncia segue a lógica que já colocou dois tesoureiros do partido no xadrez. As investigações mostram que o PT se beneficiou do Petrolão.

Na época do mensalão, Lula conseguiu emplacar a versão que de nada sabia. Agora, na Lava-Jato, ele não tem como escapar porque a lavagem de dinheiro deixou rastros. Assim como Collor – à época todo enrolado – caiu por causa de um Fiat Elba, Lula foi pego por não resistir ao conforto de um apartamento de frente para o mar.

JORNAL DE SANTA CATARINA

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioMaikon Padilha conquista cinturão no Campeonato Brasileiro de Muay Thai https://t.co/ketu4sF17Mhá 5 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioEscolas catarinenses estreiam nos Jogos Escolares da Juventude https://t.co/jFaQlo1gt8há 8 horas Retweet
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros