Dia de paralisação nacional é marcado por protestos no Estado - Cidades - O Sol Diário

CONTRA TEMER22/09/2016 | 11h33Atualizada em 22/09/2016 | 13h30

Dia de paralisação nacional é marcado por protestos no Estado

SC já registra serviços paralisados e trabalhadores de braços cruzados em Florianópolis, São José, Joinville e Criciúma

Dia de paralisação nacional é marcado por protestos no Estado /
Servidores de Joinville e Itapoá participam de paralisação na praça da Bandeira

A quinta-feira será de bastante movimento nas ruas do Estado. Ao aderir à greve nacional contra governo do presidente Michel TemerSanta Catarina já registra serviços paralisados e trabalhadores de braços cruzados em Florianópolis, São José, Joinville e Criciúma. 

Já na madrugada de hoje, a paralisação do transporte coletivo pegou muitos usuários de surpresa e parou o trânsito da Grande Florianópolis. À tarde, conforme afirmou o assessor do Sindicato dos Trabalhadores no Transporte Urbano de Passageiros da Região Metropolitana de Florianópolis (Sintraturb), Ricardo Freitas, "a partir das 15 horas, todos os ônibus que operam na região da Grande Florianópolis paralisam as atividades por uma hora". 

Muitos usuários foram surpreendidos com a paralisação do transporte público da Grande Florianópolis nesta manhã.  Foto: Cristiano Estrela / Agência RBS

Durante toda a manhã, ônibus de diversos lugares de SC devem chegar em Florianópolis para as reuniões e assembleias dos sindicatos. A estimativa é que de 1,5 mil a 2 mil representantes de sindicatos devam vir para a Capital.

No início da tarde, às 13h, o Sindsaúde organiza uma reunião na Praça das Nações, no centro da capital. O objetivo é organizar as pautas de construção da greve. O Sindicato dos Trabalhadores da Educação (Sinte/SC) realizará uma assembleia às 14h na Praça Tancredo Neves. Na pauta, os servidores discutirão a contratação de novos professores e reajuste salarial. 

Servidores de Joinville e Itapoá participam de paralisação na praça da Bandeira

O Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Florianópolis (Sintrasem) também realizam plenária nesta tarde. Marcado para às 15h30min, a concentração ocorre em frente à Câmara Municipal de Florianópolis

Em São José os servidores públicos de todas as categorias se concentram a partir das 13h30min na Praça do Centro Histórico. As escolas e creches e serviços de saúde estarão prejudicados por conta do encontro.  O Sindicato dos Servidores Públicos Federais em Saúde (Sindprevs-SC) também planeja um encontro hoje à tarde, a partir das 14h, em frente à sede da Instituição. 

Em continuidade com a greve que já dura 17 dias, os trabalhadores bancários também se juntam ao movimento de hoje e realizam reuniões para organizar os passos do movimento. Um encontro está marcado para às 16h de hoje em frente a Catedral. 

Em Joinville, o Sindicato dos Servidores Municipais (Sinsej) também seguem mobilizados durante o dia. Na cidade de Criciúma, servidores públicos também programam atividades para a tarde. 

Ato contra Temer

Ás 17h30min, todos os trabalhadores se juntam ao ato "Rumo À Greve Geral" organizado pelos movimentos Ocupa Minc, Fora Temer e Ponta do Coral. Segundo os organizadores, a estimativa é que 4 mil pessoas estejam presentes. 

Leia as últimas notícias do Diário Catarinense

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioFilmes para ver nesta sexta-feira https://t.co/6KI0b7zxPehá 4 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioSC mantém liderança na produção de ostras, vieiras e mexilhões https://t.co/cG170FNLBKhá 22 horas Retweet
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros