Polícia Civil tirou depoimentos de manifestantes do Centro para evitar tumulto, diz delegado-geral - Cidades - O Sol Diário

Protestos em Florianópolis07/09/2016 | 15h48Atualizada em 07/09/2016 | 15h48

Polícia Civil tirou depoimentos de manifestantes do Centro para evitar tumulto, diz delegado-geral

Artur Nitz justificou que atos poderiam colocar em riscos os próprios envolvidos e os policiais

Polícia Civil tirou depoimentos de manifestantes do Centro para evitar tumulto, diz delegado-geral Cristiano Estrela/Agencia RBS
Foto: Cristiano Estrela / Agencia RBS

Os depoimentos da Polícia Civil de seis envolvidos nos protestos contra o presidente Michel Temer da última sexta-feira, em Florianópolis, ocorreram distantes da área central da cidade propositalmente. A determinação foi da Delegacia-Geral, que temia alguma reação caso eles fossem ouvidos no Centro, já que estava marcada uma nova manifestação no local hora depois, nesta terça-feira.

Participantes de atos contra Temer são chamados a depor em Florianópolis

De acordo com os organizadores dos protestos da Capital, quatro homens e duas mulheres receberam a notificação para falar na delegacia dos Ingleses, no Norte da Ilha. Segundo o delegado-geral da Polícia Civil de Santa Catarina, Artur Nitz, a intenção foi evitar novos problemas:

— Fizemos isso para que não se criasse algum tipo de tumulto, causando risco à segurança dos próprios intimados e dos policiais.

Originalmente os depoimentos deveriam ter ocorrido na 1ª Delegacia de Polícia da Capital, que fica no Centro, onde o caso continuará tramitando. No entanto, o delegado optou por levar as primeiras inquirições para outra região da cidade. Ele afirma que não há problema jurídico nisso, pois os depoimentos ocorreram dentro do município e não em outra comarca.

Diferentes vozes pedem a saída de Temer e novas eleições diretas

Nitz diz que a corporação não é contrária aos atos, desde que sejam em um local delimitado e de forma "pacífica e ordeira". O inquérito foi instaurado, segundo ele, a partir do serviço de inteligência que identificou os suspeitos por conta de depredação dos patrimônios público e privado.

Manifestante é preso por pichação durante ato contra Temer em Florianópolis

O delegado-geral, por outro lado, não quis comentar o horário e o dia escolhidos para os depoimentos, que coincidiram com a data de um protesto previamente marcado. Ele ainda disse que não queria entrar no assunto das críticas feitas pelo Ministério Público à intimação da Polícia Civil.

Promotor aponta falhas em intimação policial de manifestantes
VÍDEOS: confira imagens do protesto contra o governo Temer em Florianópolis

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioExposições e atrações musicais marcam início do 5º Colmeia https://t.co/91aSNAxr6Ahá 3 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioAmigas criam grupo de conversa para ajudar na luta contra o câncer https://t.co/IjyQlWfOiqhá 9 horas Retweet
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros