Greve dos bancários chega ao 28º dia em Santa Catarina - Cidades - O Sol Diário

PARALISAÇÃO03/10/2016 | 09h14Atualizada em 03/10/2016 | 16h15

Greve dos bancários chega ao 28º dia em Santa Catarina

Após 28 dias de braços cruzados, os servidores bancários de Santa Catarina organizam na tarde desta segunda-feira, 03, assembleias gerais para discutir os rumos das paralisações no Estado. Na sexta-feira, 631 agências estavam fechadas no Estado, 129 somente na região da Grande Florianópolis. 

Sem acordo, funcionários da Celesc mantêm greve

De acordo com o presidente do Sindicato dos Bancários de Florianópolis e Região (SEEB), Marco Aurélio Silveira Silvano, a expectativa da categoria é de que a adesão dos funcionários aumente.

— A reunião de hoje é para decidir a continuidade do movimento. Estamos no Brasil inteiro debatendo com a categoria para decidir o que fazer daqui para frente — afirmou. 

Sem nova data para reunião entre Federação Nacional dos Bancos (Febraban) e o sindicato nacional, a paralisação segue sem expectativa de fim. No último encontro, que aconteceu na quarta-feira, 28, a Federação ofereceu aumento de 7%, mas os trabalhadores pedem reajuste de quase 14,62% no salário. Até o momento foram nove reuniões entre as entidades.

Em nota, a Federação informou que "a proposta apresentada traduz o esforço dos bancos por uma negociação rápida e equilibrada, capaz de atender às demandas por correção salarial e outros itens da convenção coletiva com um modelo ajustado à atual conjuntura econômica". 


Leia as últimas notícias do Diário Catarinense

 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros