"Isso é democracia", reflete Angela Amin (PP), derrotada na eleição em Florianópolis - Cidades - O Sol Diário
 
 

Eleições 201630/10/2016 | 19h47Atualizada em 30/10/2016 | 22h11

"Isso é democracia", reflete Angela Amin (PP), derrotada na eleição em Florianópolis

Ex-prefeita da capital catarinense avalia positivamente a campanha, que diz ter sido a mais agressiva de toda sua história

"Isso é democracia", reflete Angela Amin (PP), derrotada na eleição em Florianópolis Gabriela Machado/Agencia RBS
Foto: Gabriela Machado / Agencia RBS

Derrotada somente na última parcial da apuração em Florianópolis, quando as urnas dos Ingleses (32) e da Tapera (22) foram contabilizadas, a candidata Angela Amin (PP) recebeu eleitores próximo das 19h em frente a sua casa, no bairro Bom Abrigo, parte continental da Ilha de Santa Catarina. A ex-prefeita da capital estava visivelmente emocionada. Angela teve 49,74% dos votos contra 50,26% de seu adversário, o prefeito eleito Gean Loureiro (PMDB) — a diferença foi de somente 1.153 votos.

AO VIVO: acompanhe o segundo turno das eleições em SC
Os dois nascimentos de Gean Loureiro, candidato à prefeitura de Florianópolis

Logo após a finalização da apuração, ela saiu de casa para cumprimentar os apoiadores. Mesmo com a derrota, a candidata garante seguir de cabeça erguida. 

— Agradecemos cada abraço, cada sorriso, cada manifestação positiva. Acho que, realmente, não faz com que nós possamos nos esconder. Isso é democracia. Queremos agradecer os eleitores que entenderam e acreditaram em nossa proposta, porque esse resultado mostra isso. Junto com o professor Rodolfo. Acreditaram que é possível fazer o bem pela cidade de Florianópolis. 

Perto das 20h, a pepista já estava no comitê, onde agradeceu o trabalho durante o primeiro e o segundo turno.

"Continuo na linha de frente", diz Angela Amin

No comitê da campanha, no bairro Itacorubi, Angela falou ao Diário Catarinense sobre o futuro político dela após a derrota na eleição deste ano.

Como a senhora avalia essa derrota por diferença tão pequena de votos?
Está aqui o time (mostra os militantes que a receberam no comitê da campanha após a eleição). Foi a garra muito grande de um grupo que fez a diferença. Acho que saímos vitoriosos e não vamos nos entregar. Vamos, de cabeça erguida, continuar andando pela cidade e com a tranquilidade de saber que queríamos fazer o melhor para Florianópolis.

Qual o futuro político da senhora?
Acho que agora é reunir o grupo, fazer a avaliação e continuar fazendo a política séria, a política da verdade, de quem quer o bem para sua cidade, seu Estado e sua gente.

Pretende continuar concorrendo a cargos eletivos?
Continuo na linha de frente. Não tenho nada a esconder, muito pelo contrário. Procuramos fazer sempre a política da proposta, da seriedade, jamais do ataque. Procuramos em todos os momentos fazer com que a cidade entendesse nossa proposta e procurando sempre responder aqueles que fizeram a política da mentira, da inverdade e do ataque, fazendo com que o cidadão de Florianópolis se confundisse. Mas tenho certeza que a população vai ver quem realmente procurou fazer a política da proposta séria.

Foto: Gabriela Machado / RBS TV

Leia também:
Conheça os perfis dos candidatos de Florianópolis, Joinville e Blumenau
Segundo turno: saiba quais condutas são proibidas na votação
Acesse o guia especial da campanha Vote Consciente

O Sol Diário
Busca