Lideranças de PMDB, PSD, PP e PSDB defendem candidaturas próprias ao governo de SC - Cidades - O Sol Diário

POLÍTICA04/10/2016 | 07h09Atualizada em 04/10/2016 | 07h10

Lideranças de PMDB, PSD, PP e PSDB defendem candidaturas próprias ao governo de SC

Raimundo Colombo ainda mantém discurso comedido ao falar de sucessão

Se o cenário eleitoral de Santa Catarina fosse disputado como um jogo de tabuleiro, as peças mais numerosas da mesa teriam as cores do PMDB, PSD, PP e PSDB. São os partidos com a maior proporção de prefeituras no Estado. A eleição de domingo manteve o PMDB na posição mais privilegiada, comandando 98 municípios, enquanto o PSD passou de 52 para 61 prefeituras.

O PP segue no mesmo patamar, à frente de 46 cidades. Já o PSDB ganhou espaço ao ampliar seus territórios de 25 para 38 prefeituras. Como os partidos ainda têm interesses em jogo no segundo turno de Joinville, Florianópolis e Blumenau, a força de cada legenda ficará mais clara após a votação de 30 de outubro.

Veja a lista de todos os prefeitos eleitos em Santa Catarina


As movimentações estão só começando, mas miram uma disputa reservada para 2018: ninguém quer abrir mão da cadeira ocupada pelo governador Raimundo Colombo (PSD). Lideranças do PMDB defendem que chegou a hora de Colombo retribuir o apoio recebido desde 2006 - uma eleição ao Senado e duas para governador - e apoiar um nome peemedebista como sucessor.

O próprio vice-governador Eduardo Pinho Moreira (PMDB) aponta como irreversível o desejo de seu partido ter candidatura própria daqui a dois anos, mesmo que isto implique em bater de frente com o PSD. Mauro Mariani, deputado federal e presidente estadual do PMDB, diz que abrir mão da candidatura pela terceira vez causaria revolta interna e prejuízo ao patrimônio político do partido. O futuro de Colombo, aposta, deve pesar na posição do PSD.

—O Colombo será candidato ao Senado, ou alguém acredita que não? Quem não quer o apoio da estrutura e da máquina que o PMDB tem à disposição? — questiona.

O discurso de Raimundo Colombo, por enquanto, é comedido. O governador diz ver com naturalidade e "bons olhos" o interesse do partido em seguir à frente do Estado, embora não antecipe posição.

—Minha dedicação vai ser ajudar meus companheiros, mas muito centrado numa boa gestão. Meu papel é esse, estou muito centrado nisso, sem deixar de acompanhar e ajudar todos aqueles que politicamente precisarem de mim — conclui.

Merisio diz que PSD terá candidato a governador

Entre as fileiras do PSD, o recado mais claro quanto às intenções do partido vem do presidente da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Gelson Merisio. O PSD, diz o deputado, terá candidato a governador e no momento oportuno um nome será escolhido.

—Vamos caminhar para ter uma unidade já a partir do ano que vem. Isto é uma marca do nosso partido. Caminho coeso e unido em torno de um projeto, que não é pessoal, mas que vai ser escolhido pelo conjunto das oportunidades que estão postas. A definição efetiva se dá em 2018 nas convenções. Mas a construção de um ambiente se faz agora e estamos fazendo isto com toda a legitimidade — afirma.

Quem saiu fortalecido das eleições de domingo também traça planos ousados para 2018. É o caso do PSDB. Para o deputado estadual e presidente do partido em Santa Catarina, Marcos Vieira, estar à frente de 1 milhão de catarinenses em 38 municípios credencia o PSDB ao Governo do Estado.

—O vice-governador está cobrando o gesto (de retribuição) do PSD. O melhor é o PMDB e o PSD praticarem o gesto para com o PSDB. Nós entendemos que tem de ser o caminho natural. Uma agregação PSDB, PMDB e PSD, mas os dois praticando o gesto em favor do PSDB. Tendo em vista que o PSDB em três eleições praticou o gesto em favor duas vezes do PMDB e uma do PSD — argumenta.

Nome forte do PP no Estado, o deputado federal Esperidião Amin também fala em candidatura própria, mas com discurso mais moderado.

—É um propósito manifesto do partido, unânime, subordinado a circunstâncias que não dependem de nós — avalia.

O QUE DIZEM AS LIDERANÇAS

Governador Raimundo Colombo (PSD) - O partido saiu muito bem das eleições municipais e pode crescer ainda mais com o desempenho que pode ter no segundo turno. Sobre 2018, é natural que cada partido tenha seu candidato a governador. É uma forma de crescer, motivar sua militância. Vai depender muito da proposta que conseguir construir. Vejo com bons olhos que o partido (PSD) diga que quer ter candidato. Absurdo seria se dissesse que não quer ter candidato. Vejo com muita alegria e outros partidos farão a mesma coisa, é natural do processo.

 Deputado estadual Marcos Vieira (PSDB) - Evidentemente, o PSDB tem nomes importantes para disputar. O senador Paulo Bauer, senador Dalírio Beber, meu próprio nome. O próprio deputado Pavan são nomes importantes que o PSDB se dispõe a partir de agora. O PSDB já vê que tem essa condição. A primeira condição é sentar para conversar sem que qualquer partido já esteja com candidato sentado na cadeira da majoritária. Porque aí não é conversar, é já indicar. 

 Deputado federal Mauro Mariani (PMDB) - O PMDB de novo se consolidou disparado como o maior partido do Estado.  Ficar três eleições sem colocar candidato, não tem como. O PMDB obrigatoriamente terá de ter uma candidatura em 2018. Impossível um partido do tamanho do PMDB, agora ratificada essa liderança disparada, não ter novamente candidato. Senão nós vamos causar uma revolta no PMDB do Estado com prejuízos incalculáveis para o patrimônio político do partido. Não existe alternativa que não seja uma candidatura própria.  

 Deputado federal Esperidião Amin (PP) - Vamos ter candidatura própria, não é sonhar. É isso o que animou nossa gente. Essa perspectiva de ter candidatura própria é o que anima a nossa gente. Agora, naturalmente que projetar candidatura para 2018 é muito temerário. Fica bom para conversar lá pelo final de 2017. Evidentemente, o sujeito que não se subordina ao cenário é messiânico. Ele que geralmente morre com o tiro de canhão. É um propósito manifesto do partido, unânime, subordinado a circunstâncias que não dependem de nós.

 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros