Temporais atingem mais de 100 mil catarinenses  - Cidades - O Sol Diário

DANOS18/10/2016 | 12h39Atualizada em 18/10/2016 | 15h43

Temporais atingem mais de 100 mil catarinenses 

Além de diversos serviços prejudicados e 1.697 residências atingidas, 181 pessoas ficaram desalojadas por causa das chuvas

Temporais atingem mais de 100 mil catarinenses  Hyury Potter  / Agência RBS/Agência RBS
Escola Stanislau Gaidzinski Filho em Capivari de Baixo, teve parte do telhado atingido pelos ventos fortes do último domingo Foto: Hyury Potter / Agência RBS / Agência RBS

Os temporais e ventos fortes que sopraram em Santa Catarina nas últimas 72 duas horas atrapalharam a vida de pelo menos 100 mil catarinenses. Ainda, segundo o último levamento feito pela Defesa Civil estadual - divulgado na manhã desta terça-feira - além de diversos serviços prejudicados e 1.697 residências atingidas, 181 pessoas ficaram desalojadas por causa das chuvas. 

Somente na cidade de Tubarão - que decretou situação de emergência na tarde desta segunda-feira -, de acordo com o governo estadual, 97 mil moradores foram afetados. Além disso, 901 residências tiveram algum dano por consequência das chuvas na cidade. 

A segunda cidade mais afetada pelas chuvas dos últimos dias foi Capivari de Baixo, também no Sul de SC. No município mais de 3 mil pessoas foram prejudicadas e 300 residências ficaram comprometidas. Segundo a prefeitura da cidade, um levantamento inicial somente nos prédios públicos prevê prejuízo de pouco mais de R$ 1 milhão. 

— Fizemos um levantamento inicial e apenas em prédios público o prejuízo da cidade já chegou a R$ 1,2 milhão, sem contar o estrago em casas e empresas. Vamos decretar estado de emergência hoje para facilitar alguns trâmites. Isso foi uma orientação da própria Defesa Civil do Estado — afirmou Moacir Rabelo da Silva, prefeito da cidade. 

Na prática, o governo não repassa o recurso para as famílias. O estado de emergência permite que a prefeitura use dinheiro do Fundo Estadual para Desastres e a fazer contratos emergenciais sem licitação. As famílias no máximo recebem ajuda com lona e telhas, além se poder sacar o FGTS para reformar a casa.

Defesa Civil confirma segunda morte pelo mau tempo em SC

De acordo com o levantamento da Defesa Civil, pelo menos 49 cidades já registraram problemas ocasionadas pelas chuvas em SC. Apesar de ainda não ter divulgado valores dos prejuízos em SC, o governo do Estado informou que irá liberar recursos para que a Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e prefeituras possam realizar obras emergenciais nos municípios. 

Na tarde desta terça, o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, e o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, Renato Newton Ramlow, fazem uma visita em Tubarão para avaliar a situação da área.

Confira as cidades atingidas pelos temporais dos últimos dias em SC

Leia as últimas notícias do Diário Catarinense

 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros