Vitória apertada em Florianópolis e outros destaques do dia de eleições em SC - Cidades - O Sol Diário
 
 

Balanço30/10/2016 | 21h45Atualizada em 30/10/2016 | 21h49

Vitória apertada em Florianópolis e outros destaques do dia de eleições em SC

Com virada emocionante, Gean Loureiro desbancou Angela Amin, na Capital

Vitória apertada em Florianópolis e outros destaques do dia de eleições em SC Felipe Carneiro/Agencia RBS
Foto: Felipe Carneiro / Agencia RBS

O segundo turno de eleições em Santa Catarina foi tranquilo nos municípios de Blumenau, Florianópolis e Joinville. Nenhuma ocorrência grave foi registrada pela Polícia Militar em todo o Estado. Perto das 19h, os eleitores conheceram os prefeitos eleitos, com destaque para a apuração apertada na Capital. Gean Loureiro (PMDB) derrotou Angela Amin por apenas 1153 votos de diferença. A pepista, inclusive, liderou boa parte da apuração.

Gean Loureiro é eleito prefeito de Florianópolis com 50,26% dos votos
Apuração: virada de Gean Loureiro se deu com votos na Tapera e nos Ingleses

Em Blumenau, Napoleão Bernardes (PSDB) confirmou a vitória com 57,56% dos votos, em disputa no segundo turno contra Jean Kuhlmann (PSD), que ficou com 42,44%.

Foto: Patrick Rodrigues / Agência RBS

Napoleão Bernardes é reeleito prefeito de Blumenau

Na maior cidade do Estado, Joinville, Udo Döhler (PMDB) se reelegeu com 55,6% dos votos. O atual prefeito disputou com o deputado Darci de Matos (PSD) o segundo turno das eleições e continua no comando da Prefeitura por mais quatro anos.

Foto: Salmo Duarte / Agencia RBS

Udo Döhler é reeleito prefeito de Joinville

Em Florianópolis, um grupo de 36 ciclistas voluntários ajudaram na apuração do votos. Eles foram previamente selecionados pelo TRE e ficaram encarregados de pegar as mídias nos locais de votação e levar até a sede do Tribunal Regional Eleitoral, no Centro da cidade.

Foto: Marco Favero / Agencia RBS

Ciclistas auxiliam na apuração de 26% dos votos em Florianópolis

Neste domingo de segundo turno das eleições em Santa Catarina, 12 urnas tiveram de ser substituídas em quatro cidades do Estado. A justificativa da Justiça Eleitoral foi problema técnico. Em compensação, não foram registradas ocorrências policiais, nem registro de filas, conforme o Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE-SC).

Doze urnas são substituídas no segundo turno das eleições em SC

Quem não votou e não justificou ausência no segundo turno ainda tem a possibilidade de regularizar a situação eleitoral. Aos olhos da Justiça Eleitoral, cada turno é uma eleição independente. Então é importante saber: quem não votou no primeiro turno tem de votar ou justificar a ausência no segundo. A justificativa pode ser realizada no dia da eleição (se o eleitor estiver em outro município) ou requerida ao Juiz Eleitoral no prazo de 60 (sessenta) dias após o pleito.

Não votou? Saiba como justificar

Leia mais
Veja como foi a cobertura do domingo de votações em SC

O Sol Diário
Busca