7 coisas que pais devem avaliar na hora de escolher uma nova escola - Cidades - O Sol Diário
 
 

Período de matrícula08/11/2016 | 06h04Atualizada em 08/11/2016 | 06h04

7 coisas que pais devem avaliar na hora de escolher uma nova escola

Período de matrículas também é importante para pais negociarem valores e pesquisarem unidade que se encaixa no perfil do aluno

7 coisas que pais devem avaliar na hora de escolher uma nova escola Leo Munhoz/Agencia RBS
Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS

A hora de procurar uma nova escola exige muito esforço e pesquisa dos pais. O geólogo Francisco Caruso Júnior, de Florianópolis, teve de procurar uma escola que oferecesse ensino médio para o filho, Guilherme, de 14 anos. O projeto pedagógico e o valor foram determinantes na escolha:

— Negociei um tempo com a escola e consegui um bom desconto. Guilherme também visitou a escola, na verdade a escolha foi mais dele — explica.

A analista de sistema Leia de Assis, de Joinville, também visitou várias unidades antes de decidir onde matricular o filho Artur, de seis anos. O contato maior com a natureza e a inovação metodológica foram aspectos que pesaram na decisão. Mas ela reforça que é fundamental ir além do que consta no projeto pedagógico e ver como funciona na prática. E nessa busca, a mãe aprendeu uma coisa: nem sempre a escola mais cara é a melhor. Por isso, vale muito pesquisar. 

Para a psicopedagoga Joyce Cardoso, da Capital, além de preço da mensalidade que caiba no bolso, é fundamental escolher uma escola que tenha os mesmos valores transmitidos pela família: 

— Converse com a coordenação sobre a metodologia escolar, as normas, as regras e veja se você concorda. Peça para ver as apostilas ou os livros pedagógicos para verificar o conteúdo acadêmico. Os pais devem saber o que se passa na escola, até mesmo para acompanhar o filho com mais segurança ao longo do ano e, quanto mais aberta for essa relação, maior a possibilidade de bem-estar para o aluno.

Ela complementa que nesta fase, o diálogo deve ser constante, a criança ou adolescente deve entender porque está mudando de escola e participar da decisão. Os pais podem levar os filhos junto para conhecer a escola, afinal é lá que ele vai passar o próximo ano. Caso tenha amigos que vão para a mesma escola isso facilita a mudança e adaptação. 

Leia também:

Escola pública de Santa Cecília mantém interesse dos alunos com atividades diferenciadas

Estudantes são surpreendidos pelo adiamento de provas do Enem em SC 

Número de detentos de SC inscritos no Enem cresce 56% neste ano

O Sol Diário
Busca
Imprimir