Comediante Kate McKinnon emociona ao interpretar "Hallelujah" caracterizada como Hillary Clinton - Cidades - O Sol Diário

Programa de TV13/11/2016 | 10h00Atualizada em 14/11/2016 | 08h33

Comediante Kate McKinnon emociona ao interpretar "Hallelujah" caracterizada como Hillary Clinton

Abertura do programa "Saturday Night Live" uniu dois dos fatos mais comentados da semana: a eleição de Trump e a morte de Leonard Cohen

Zero Hora
Zero Hora

A abertura do programa Saturday Night Live deste sábado surpreendeu e comoveu o público americano — e as redes sociais no mundo todo — ao unir dois dos fatos mais comentados da semana: a eleição de Donald Trump e a morte de Leonard Cohen

Como muitos dos episódios mais recentes do programa, o show começou com a comediante Kate McKinnon vestida como Hillary Clinton — desta vez não fazendo piadas com a polarizada campanha presidencial americana, mas sentada ao piano, interpretando a canção mais conhecida do cantor e compositor canadense, o clássico Hallelujah

Leia mais:
Morte de Leonard Cohen: as muitas versões de "Hallelujah"
Manifestação de resistência a Trump reúne 10 mil em Los Angeles
Quatro filmes que retratam presidentes dos Estados Unidos

À luz dos resultados das eleições, a canção de Cohen ganhou novos significados na interpretação de Kate McKinnon como Hillary Clinton, particularmente os versos: "Fiz o que pude/ Não foi muito/ Não podia sentir/ Então tentei tocar/ Eu disse a verdade/ Eu não vim para enganar você".

Kate McKinnon terminou a canção, emocionada, olhando diretamente para a câmera e dizendo: 

— Eu não vou desistir e você também não deveria.

Veja alguns tuites sobre a apresentação:


 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros