Criciúma tem manifestação contra governo Temer nesta sexta-feira - Cidades - O Sol Diário

MOBILIZAÇÃO11/11/2016 | 11h33Atualizada em 11/11/2016 | 16h29

Criciúma tem manifestação contra governo Temer nesta sexta-feira

Movimentos organizam grande ato com caminhada pelas ruas da cidade


Foto: Maristela Benedet / Agência RBS

Cerca de 500 pessoas de diversos cidades da região Sul se concentram nesta manhã na praça Praça Nereu Ramos, no centro de Criciúma. De acordo com os manifestantes, o ato engloba a manifestação nacional contra as atuais reformas propostas pelo governo Temer. 

Na caminhada pela manhã, os manifestantes fecharam parcialmente o terminal central de ônibus e, à tarde, a praça concentrou apresentações culturais e outros manifestos. No meio da tarde, está previsto um ato com outros grupos sindicais e servidores públicos municipais e estaduais. O grupo pretende caminhar entre as principais ruas da cidade para chamar atenção da população. 

Segundo os organizadores, 25 categorias profissionais estão representadas no movimento em Criciúma, e por conta da adesão de um bom número de trabalhadores, alguns serviços foram paralisados. O atendimento em saúde básica foi impactado e 31 unidades de saúde não funcionaram durante a manhã. Outras 15 não foram afetadas, e estão abertas normalmente.

A secretaria municipal de Educação informou que todas as escolas da rede não abriram. A adesão foi definida em reunião do sindicato com a direção das escolas e, segundo a titular da secretaria, Rose Reynaud, não haverá desconto no pagamento dos professores mas as escolas terão que fazer a reposição das aulas.

Foto: Luiz Gustavo Silva / RBS TV







Leia mais notícias:
Dia de greve nacional também tem mobilização no Oeste de SC
Quais serviços foram afetados no dia de mobilização nacional
Em dia de paralisação nacional, ônibus da Grande Florianópolis não circulam nesta manhã



 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros