Dagmara Spautz: Ferry boat aperta cerco a motoristas - Cidades - O Sol Diário

Litoral16/11/2016 | 06h01

Dagmara Spautz: Ferry boat aperta cerco a motoristas



A Empresa de Navegação Santa Catarina, permissionária do ferry boat que faz a travessia entre Itajaí e Navegantes, está fazendo valer a norma da Marinha que exige que motoristas e passageiros saiam do carro durante o trajeto. Os funcionários a bordo têm conversado com quem se nega a cumprir a regra e a embarcação não sai enquanto ainda houver pessoas dentro dos veículos.

A delegacia da Capitania dos Portos de Itajaí informou que apertou a fiscalização sobre o cumprimento da norma, mas não confirmou se houve autuações à empresa que toca o ferry boat. Wilimar Keller, gerente de logística da Empresa de Navegação Santa Catarina, diz que a mudança de postura partiu dos sócios que comandam o ferry boat.

O fato é que, sem exigência, embora a cada travessia soasse o aviso para deixar os carros, só fazia o trajeto no lado de fora do veículo quem queria. Eventualmente a empresa cobrava o cumprimento, o que, invariavelmente, causava confusão.

Não está sendo diferente desta vez. Nas últimas semanas já houve motoristas que se recusaram a sair do carro e acabaram sendo ameaçados pelos demais passageiros, que tinham pressa em fazer a travessia.

Para garantir que a regra seja cumprida, a empresa e a Marinha fixaram um grande aviso no lado de fora dos terminais, informando sobre a exigência. A permissionária do ferry boat começará nos próximos dias a entregar panfletos explicativos.

A norma que exige sair do carro é nacional e válida para todas as travessias, e tem razão de ser: foi criada para facilitar o atendimento a vítimas em caso de acidente. Se eventualmente uma barca afundar, quem está fora do carro tem mais chances de sobreviver do que quem está dentro.

Se nem o risco de morte funcionar para convencer quem não quer sair do carro, a empresa pode apelar para a vista. Na travessia do Itajaí-Açu é possível assistir de perto ao vaivém dos navios e à operação dos contêineres dentro dos terminais, além da movimentação dos barcos de pesca e das revoadas de pássaros. Basta relaxar e aproveitar a viagem.

JORNAL DE SANTA CATARINA

 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros