Deputado catarinense pede reparos na ponte sobre o Rio Uruguai, em Concórdia, no Oeste de SC - Cidades - O Sol Diário

Infraestrutura17/11/2016 | 11h30Atualizada em 17/11/2016 | 16h12

Deputado catarinense pede reparos na ponte sobre o Rio Uruguai, em Concórdia, no Oeste de SC

Estrutura que liga SC ao RS estaria com fissuras na pista rachaduras na parte lateral, mas o DNIT afirma que a ponte opera normalmente

O deputado estadual Neodi Saretta (PT) encaminhou pela segunda vez uma indicação ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) pedindo a manutenção e revitalização da ponte sobre o Rio Uruguai, na BR-153 entre as cidades de Concórdia, em Santa Catarina, e Marcelino Ramos, no Rio Grande do Sul. A estrutura, que é percorrida por aproximadamente 4 mil veículos diariamente, é uma das cinco pontes que liga os dois Estados. 

No documento, assinado no dia 31 de outubro deste ano, o parlamentar cita que, em consequência do fluxo intenso de carros e caminhões de carga pelo local, a estrutura está desgastada. Saretta ainda afirma que "a estrutura lateral apresenta rachaduras e as placas de concreto que compõem a pista possuem inúmeras fendas". 

— Fiz esse pedido por que estou preocupado com a situação. A ponte é usada não só por pessoas que estão de passagem mas também por agricultores, já que ali tem uma grande concentração de agroindústrias. Claro, a ponte não está caindo, não é isso, mas está com fissuras, problemas nas laterais e rachaduras. Queremos uma manutenção para evitar que daqui a pouco haja alguma interdição — explica Saretta.

Até esta quinta-feira, o deputado seguia sem respostas por parte da superintendência regional de Santa Catarina. No entanto, na resposta dada com relação ao primeiro pedido, também de autoria de Saretta, protocolado no dia 16 de dezembro de 2015, o superintendente regional do Dnit no Estado, Vissilar Pretto, explica que a ponte está sob a jurisdição e responsabilidade da regional gaúcha e, por isso, nada poderia ser feito aqui. 

Ainda assim, a solicitação foi, conforme o documento encaminhado no início de fevereiro, enviada para análise dos responsável no Estado vizinho. Por e-mail a regional do Rio Grande do Sul não deu detalhes sobre a situação da ponte, no entanto, afirmou para a reportagem que a estrutura "está operando normalmente". O DC também encaminhou, por e-mail, um pedido formal de informação para a regional catarinense que, até a manhã desta quinta-feira, ainda não tinha sido respondido.

 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros