Obra no Porto de Itajaí segue sem prazo para ser retomada - Cidades - O Sol Diário

Infraestrutura23/11/2016 | 08h01

Obra no Porto de Itajaí segue sem prazo para ser retomada

Empresa só vai mobilizar o canteiro de obras depois que o governo federal assinar aditivo de contrato

Obra no Porto de Itajaí segue sem prazo para ser retomada Lucas Correia/Agencia RBS
No caso do berço 3, terminar as obras será rápido, já que falta apenas a instalação de defensas. Já o berço 4 tem um desafio pela frente: uma laje submersa que não constava no projeto inicial Foto: Lucas Correia / Agencia RBS



O Ministério dos Transportes cumpriu o acordo e liberou este mês o que ainda faltava dos recursos atrasados para a obra dos berços 3 e 4, no Porto de Itajaí. No entanto, a construtora Serveng, responsável pelos trabalhos, ainda não retomou a empreitada.

Segundo a superintendência do Porto de Itajaí, a empresa só vai mobilizar o canteiro de obras depois que o governo federal assinar um aditivo de contrato, com mais prazo para conclusão dos trabalhos e recursos extras. A verba liberada pelo ministério este mês, cerca de R$ 4 milhões, cobriu apenas o saldo dos serviços executados entre outubro e novembro do ano passado.

A obra, que já deveria ter terminado, chegou a ter 300 pessoas empregadas e foi paralisada em junho por falta de pagamentos. Para retomar os trabalhos a construtora ainda terá que recontratar mão de obra.

A reforma dos berços é importante porque vai garantir que, ao invés de quatro berços separados, o porto tenha um grande cais de atracação com mais de mil metros de extensão, espaço suficiente para receber os maiores navios cargueiros que atuam na costa brasileira.

No caso do berço 3, terminar as obras será rápido, já que falta apenas a instalação de defensas. Já o berço 4 tem um desafio pela frente: uma laje submersa que não constava no projeto inicial. Esse entrave levou a adequações que elevaram em R$ 26 milhões o orçamento da obra.

Depois de pronta, a obra terá que passar por concessão — o que promete ser outra novela. A APM Terminals, atual arrendatária do terminal, quer incorporar o espaço ao seu contrato. O prefeito eleito de Itajaí, Volnei Morastoni (PMDB), entretanto, defendeu durante a campanha eleitoral um outro modelo de operação, voltado para cargas gerais.

O SOL DIÁRIO - O SOL DIÁRIO

 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros