Pedágio ambiental de Bombinhas volta a ser cobrado a partir de terça - Cidades - O Sol Diário

Meio ambiente10/11/2016 | 16h28Atualizada em 10/11/2016 | 16h38

Pedágio ambiental de Bombinhas volta a ser cobrado a partir de terça

Cobrança vai até o dia 15 de abril e varia de R$ 3 para motos a R$ 120 para ônibus

Pedágio ambiental de Bombinhas volta a ser cobrado a partir de terça Charles Guerra/Agencia RBS
Recursos são investidos em ações de preservação do meio ambiente, como a limpeza das praias Foto: Charles Guerra / Agencia RBS

A partir da próxima terça-feira, feriado nacional da Proclamação da República, a cidade de Bombinhas volta a cobrar a Taxa de Preservação Ambiental (TPA) de todos os veículos que entrarem no município. A cobrança vai até o dia 15 de abril e varia de R$ 3 para motos a R$ 120 para ônibus. Os recursos são obrigatoriamente investidos em ações de preservação do meio ambiente, como a limpeza das praias e projetos de recuperação de áreas verdes.

Uma ação civil pública questiona a taxa na Justiça, mas ainda não há definição sobre o caso. O julgamento começou no dia 19 de outubro pelo órgão especial do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, mas foi suspenso por um pedido de vista do desembargador Joel Dias Figueira Junior. O placar estava em cinco votos a um pela manutenção da taxa. O julgamento será retomado na sessão de 16 de novembro e, ao todo, 19 desembargadores ainda apresentarão o voto.

Câmeras nas entradas da cidade gravam placas para efetuar cobrança

Para evitar filas para o pagamento da TPA nas entradas da cidade, foram instalados equipamentos semelhantes a radares, que fazem o registro das placas dos veículos dos visitantes. Não é necessário que o motorista pare para que a cobrança ocorra. O débito será lançado em nome do proprietário do veículo. Para fazer o pagamento o motorista deve se dirigir até um ponto comercial cadastrado no centro da cidade ou fazer o pagamento de forma antecipada no site da prefeitura na internet.

Os veículos de passeio vão pagar esse ano R$ 24 e a cobrança é pelo número de vezes que o veículo entrar na cidade. Desde o dia 10 de outubro estão sendo cadastradas as isenções para prestadores de serviços, trabalhadores no município, ambulâncias, carros oficiais, carros-fortes e carros fúnebres, empresas concessionárias e veículos de transporte coletivo de trabalhadores.

Preços TPA 2016

Motos — R$ 3
Carros — R$ 24
Utilitários — R$ 36
Van (excursão) — R$ 48
Caminhão — R$ 72
Ônibus — R$ 120

Leia mais:

Governador Celso Ramos pretende adotar pedágio ambiental

Julgamento do pedágio de Bombinhas é suspenso com placar de cinco votos a um no TJSC

Composição da CPI do pedágio ambiental de Bombinhas provoca mal estar na Câmara

 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros