Tubarão que matou pescador era de espécie agressiva. Entenda - Cidades - O Sol Diário

Sul do RS16/11/2016 | 21h33Atualizada em 16/11/2016 | 22h24

Tubarão que matou pescador era de espécie agressiva. Entenda

Conhecido como Anequim, animal está listado como ameaçado por ser alvo de pressão de pesca

Tubarão que matou pescador era de espécie agressiva. Entenda Reprodução/Ver Descrição
Foto: Reprodução / Ver Descrição
Zero Hora
Zero Hora

Um predador agressivo que não hesita em atacar quando provocado. Assim é o Tubarão-Anequim, espécie responsável pela morte de pescador na terça-feira, em Rio Grande. Os colegas que estavam na embarcação em que Linaldo Galdino de Brito, 32 anos, foi vítima do animal contaram ao dono do barco que tratava-se de um Anequim.

— Pescadores de Torres relatam que eles são bastante temidos já que muitos conseguem se libertar das linhas de pesca. Obviamente o seu natural instinto de sobrevivência pode desenvolver um acidente para qualquer pescador ou pessoa que estiver a bordo — conta o professor de Biologia da Unisinos Pablo Lehmann Albornoz.

Leia também:
Pescador morto por tubarão era experiente, diz dono do barco
Risco de ataques de tubarão nas praias gaúchas é remoto, garantem especialistas

Conheça as características do animal:

— Nome científico é Isurus oxyrinchus (Familia: Laminidae), popularmente conhecido como Tubarão-Anequim ou MAko.

— É uma espécie pelágica, mas que também pode ser encontrada em águas costeiras.

— Dorso tem cor azul metálico.

— Apresenta diversos dentes projetando-se para fora da boca

— Esta espécie apresenta uma distribuição ampla em quase todo o mundo. Mesmo assim está listada como uma espécies ameaçadas.

— O tubarão anequim pode estar em um declínio populacional devido à forte pressão de pesca.

— Têm corpos parecidos com torpedos e são considerados os tubarões mais velozes do mundo.

— São predadores agressivos e não hesitam em atacar quando são provocados.

— Existem registros dessa espécie com 4 metros de comprimento e pesando 510 quilos.

— Tem olhos grandes e negros.

— Alimenta-se de peixes, elasmobrânquios, tartarugas, cetáceos e crustáceos.

 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros