Pelo menos 488 residências foram atingidas pelos fortes ventos e chuvas nos últimos dias em SC - Cidades - O Sol Diário

Mau tempo30/12/2016 | 12h24Atualizada em 30/12/2016 | 12h26

Pelo menos 488 residências foram atingidas pelos fortes ventos e chuvas nos últimos dias em SC

Levantamento da Defesa Civil de SC engloba estragos desde dia 27 de dezembro e contabiliza 2,7 mil pessoas afetadas

Pelo menos 488 residências foram atingidas pelos fortes ventos e chuvas nos últimos dias em SC Jaime Batista da Silva/Arquivo pessoal
Blumenau registrou pelo menos quatro pontos de alagamento no dia 29 Foto: Jaime Batista da Silva / Arquivo pessoal

Os fortes ventos e tempestades provocaram alagamento e destelhamento em diversos municípios de Santa Catarina. Um balanço divulgado na manhã desta sexta-feira pela Defesa Civil aponta pelo menos 488 residências atingidas e 2,7 mil pessoas afetadas pelas fortes chuvas e ventos. 29 pessoas ficaram desalojadas.

Em Rodeio e Ascurra os  fortes ventos que atingiram o Vale do Itajaí, na tarde de terça-feira, 27 de dezembro, foram causados por um tornado

Foram registradas diversas ocorrências em várias regiões do Estado. E o tempo instável deve continuar em SC, com chance de chuva a qualquer momento e possibilidade de rajadas de ventos e descargas elétricas.

Entre a sexta e o sábado há previsão de altos volumes de chuva, por conta de novos temporais, com chance maior nas cidades entre o litoral e o Centro do Estado.

Confira o balanço dos estragos em SC:

** Dia 27 de dezembro

ALFREDO WAGNER

Vendaval provocou o destelhamento de residências e quedas de árvores em localidades do interior. Segundo informações da COMPDEC, um óbito por queda de árvore, uma criança de 13 anos. 5 residências atingidas. 21 afetados.

RODEIO

 Tornado e vendaval provocaram o destelhamento de residências e danos estruturais em edificações empresariais, quedas de árvores e galhos. 200 residências atingidas. 800 afetados. 

MONTE CASTELO

Fortes ventos atingiram o município. 3 residências atingidas. 12 afetados.

TIJUCAS

Fortes ventos causaram o destelhamento de residências e um galpão, quedas de galhos de árvores comprometeram O fornecimento de energia em alguns bairros. 5 residências atingidas. 20 afetados.

JOINVILLE

Fortes ventos causaram o destelhamento de residências, quedas de árvores e galhos comprometeram o fornecimento de energia em quase todos os bairros, segundo informações repassadas pela Celesc, 60 mil unidades consumidoras ficaram sem energia. 250 residências atingidas. 1800 afetados. 19 desalojados.

BARRA VELHA

Fortes ventos causaram o destelhamento de residências, quedas de árvores e galhos comprometeram o fornecimento de energia em alguns bairros. 6 residências atingidas. 24 afetados. 

VIDAL RAMOS

Ventos fortes acompanhados de granizo fino provocaram a queda de árvores, danificando o sistema de fornecimento de energia para boa parte das unidades consumidoras do município. Danos materiais associados à quedas de postes. 

RIO DO CAMPO

Fortes ventos causaram o destelhamento parcial de residências e de uma igreja. 6 residências atingidas. 24 pessoas afetadas.

** Dia 28 de dezembro

IMBUIA

Alto acumulado pluviométrico, precipitado de forma localizada resultando em processos de enxurradas sobre duas ruas atingindo algumas casas e comércios.

ITUPORANGA

Alto acumulado pluviométrico, precipitado de forma localizada resultando em processos de enxurradas sobre algumas ruas atingindo casas e comércios. 1 residência atingida. 4 afetados. 4 desalojados.

CONCÓRDIA

Alto acumulado pluviométrico, associado ao sistema de drenagem insuficiente, resultou em pontos de alagamentos sobre algumas ruas gerando danos à algumas casas e comércio local. Houve também a queda de árvore sobre a edificação de uma escola municipal. 1 instalação pública e 4 residências atingidas. 16 afetados.

LONTRAS

Alto acumulado pluviométrico, precipitado de forma localizada resultando em processos de enxurradas e alagamentos sobre algumas ruas atingindo casas e comércios.1 instalação pública e 2 residências atingidas. 6 afetados. 6 desalojados.

WITMARSUM

 Quedas de árvores danificaram a energia elétrica do município. Destelhamentos de poucas residências e galpões. Registro de danos na agricultura. Foi disponibilizado ao bombeiro de presidente Getúlio o qual atende a cidade um rolo de lona para distribuir se algum morador precisar.  

** Dia 29 de dezembro

TUBARÃO

Alto acumulado pluviométrico, associado ao sistema de drenagem insuficiente, resultou em pontos de alagamentos sobre algumas ruas gerando danos à algumas casas e comércio local.

COCAL DO SUL

Alto acumulado pluviométrico, associado ao sistema de drenagem insuficiente, resultou em pontos de alagamentos sobre algumas ruas, sem o registro de danos.

MAFRA

Fortes ventos causaram o destelhamento de residências e quedas de árvores e galhos. 6 residências atingidas. 24 afetados.

Leia também:

Epagri confirma que tornado atingiu Rodeio e Ascurra, no Vale do Itajaí


Chuva provoca alagamentos nos bairros Vila Nova e Victor Konder, em Blumenau

Semana termina com tempo instável e temperaturas altas em SC 

-->
 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioTécnico da Chapecoense lamenta gol no final mas elogia time https://t.co/fG3RWfc6pWhá 4 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioCom gol no fim, Chapecoense perde para o Corinthians na Arena Condá https://t.co/rotSVD4C4Ahá 6 horas Retweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros