Enem não servirá como certificação do ensino médio a partir deste ano - Cidades - O Sol Diário
 
 

Educação17/01/2017 | 20h30Atualizada em 17/01/2017 | 20h33

Enem não servirá como certificação do ensino médio a partir deste ano

Recurso era utilizado por quem não tinha concluído os três anos na idade considerada adequada e pretendia acelerar o processo

Enem não servirá como certificação do ensino médio a partir deste ano Manuela Balzan/agencia rbs
Foto: Manuela Balzan / agencia rbs
Agência Brasil
Agência Brasil

O ministro da Educação, Mendonça Filho, confirmou nesta terça-feira que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não servirá mais como meio para se obter uma certificação de conclusão do ensino médio.

A mudança, que separa o Enem do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Enceja) será anunciada formalmente nesta quarta-feira, para quando está prevista a divulgação dos resultados das provas.

Segundo o ministro, o Encceja, que já é aplicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) todos os anos como meio de certificação de conclusão do ensino fundamental, será ampliado para servir também como certificação do ensino médio já a partir do segundo semestre deste ano.

– O Enem não servirá como instrumento de certificação e conclusão de ensino médio, e sim como instrumento de acesso ao ensino superior, pois termina exigindo de um jovem ou adulto que queira a certificação no ensino médio mais do que seria necessário, é uma imposição de um ônus, de ter que ter um conhecimento a mais, para aqueles que só querem ter uma certificação no ensino médio – diz Mendonça Filho.

A provável exclusão do certificado de conclusão do ensino médio do Enem havia sido antecipada pela presidente do Inep, Maria Inês Fini, em novembro. Outra possível alteração seria a exclusão de treineiros, aqueles que fazem a prova só para testar conhecimentos.

Uma consulta pública será lançada nesta quarta a respeito de outras alterações no Enem, com o objetivo de adequar o exame à reforma no ensino médio, ainda em discussão no Congresso Nacional. 

Leia também:
Inep antecipa divulgação do resultado do Enem para quarta-feira

Reformulação do Enem deve excluir treineiros e certificado de conclusão do ensino médio

Enem 2016: confira o gabarito oficial

MEC quer lançar consulta pública sobre mudanças no Enem

Mais de 176 mil estudantes inscritos para as provas do Enem 2016 em SC


O Sol Diário
Busca