Estudantes relatam invasões no Sisu após mudança na regra de troca de senha do Enem - Cidades - O Sol Diário

Problemas na inscrição31/01/2017 | 21h32Atualizada em 04/04/2017 | 21h42

Estudantes relatam invasões no Sisu após mudança na regra de troca de senha do Enem

Última edição do Enem deixou de exigir duas etapas para recuperar senha

Zero Hora
Zero Hora

Na edição de 2016 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o governo federal mudou as regras de acesso individual dos candidatos aos sistemas online. A chamada "verificação em duas etapas" para que os candidatos façam login ou recuperem a senha deixou de ser exigida. Depois da mudança, alguns candidatos denunciaram acesso de terceiros em seus perfis no Sisu e alterações indesejadas nas opções de cursos nos quais concorriam, segundo informações do G1.

Em nota, o Ministério da Educação (MEC) afirmou, no fim da tarde desta terça-feira, que não registrou "indício de acesso indevido a informações de estudantes cadastrados, que configure incidente de segurança". O governo diz que vai acionar a Polícia Federal para apurar os casos relatados pelos alunos. 

Leia mais
Saiba como concorrer a bolsas integrais ou parciais no ProUni
Aprovados no Sisu contam as diferenças na seleção em comparação ao vestibular

A Secretaria de Educação Superior (Sesu) destacou que a atual gestão "assumiu a pasta em maio de 2016, com o processo do Enem 2016 em curso, na última semana de inscrições. Por isso, todo o sistema de operacionalização do Enem 2016, definido na gestão anterior, estava em funcionamento e não pôde ser alterado no meio do processo."

Ainda em nota, O MEC citou relatos na imprensa de casos pontuais de acesso indevido a dados pessoais de candidatos, que teriam possibilitado mudança de senha e de dados de inscrição, como a opção de curso. Ao que reage afirmando que a senha é sigilosa e só pode ser alterada pelo candidato ou por alguém que tenha acesso indevidamente a esses dados. Conforme o Ministério, casos individuais que forem identificados e informados serão encaminhados para investigação da Polícia Federal. 


Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioTerceirizada que administra prisões em SC suspende serviços por falta de pagamento https://t.co/PZs2CbECznhá 35 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioTerceirizada que administra prisões em SC suspende serviços por falta de pagamento https://t.co/gRCCjkthBFhá 1 horaRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros