Jovem morto em deslizamento é velado no cemitério do Itacorubi  - Cidades - O Sol Diário

Luto31/01/2017 | 20h49Atualizada em 31/01/2017 | 21h11

Jovem morto em deslizamento é velado no cemitério do Itacorubi 

Igor Ferreira, de 21 anos, foi soterrado enquanto dormia na casa da família na Caieira do Saco dos Limões 

Jovem morto em deslizamento é velado no cemitério do Itacorubi  Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Sob forte chuva, é velado na noite desta terça-feira o corpo de Igor de Souza Ferreira, 21 anos, morto durante o deslizamento da casa onde morava no bairro Caieira do Saco dos Limões, em Florianópolis. O velório começou às 19h no cemitério do Itacorubi.

Igor era torcedor da escola de samba Consulado. O primo dele, Alysson Ferreira, mestre Biscoito, é o o mestre de bateria da escola e ajudou no resgate. Por isso, o ensaio marcado para a noite de terça na Praça XV, no Centro de Florianópolis e, foi cancelado.

Nas redes sociais, amigos prestaram solidariedade à família Ferreira. Amigos descrevem Igor como um irmão, que gostava muito de soltar pipa, jogar futebol e de festas.

"Deus te colocou no meu caminho, fiquei impressionado como naquela época em tão pouco tempo alguém que eu teria acabado de conhecer se tornasse um amigo, um irmão. Tinha uma sintonia na nossa amizade e poucos sabem disso. Tínhamos os mesmo gostos, era pra jogar uma pelada, soltar uma pipa, surfar, cada ideia de fazer algo era de gosto em comum dos dois. E agora, mano, com essa notícia meu coração perde um irmão que nunca tive. Que você esteja agora ao lado de Deus mostrando todas as tuas qualidades", escreveu o amigo Gabriel Sant'ana.

A família mora na Caieira do Saco dos Limões há mais de 30 anos. Conforme a prefeitura, eles receberão auxílio da Assistência Social.

Conforme o corpo de Bombeiros, Igor e pai ainda estavam vivos quando as equipes chegaram no local. No entanto, Igor não resistiu aos ferimentos e morreu ainda debaixo dos escombros. O pai dele, que estava preso sob uma viga, foi retirado do local consciente e encaminhado ao Hospital Celso Ramos. 


Moradores que dormiam em quatro casas próximas precisaram deixar o local já que a Defesa Civil municipal interditou temporariamente a área. Segundo o Luiz Eduardo Machado, agente da Defesa Civil, as casas ficarão isoladas até que a chuva dê trégua e os engenheiros possam realizar uma perícia detalhada. 

A ocorrência, que foi gerada por volta das 4h30min, só foi finalizada perto das 11h.  Além dos Bombeiros, Samu, e Defesa Civil, pelo menos duas viaturas da Polícia Militar (PM) auxiliaram nos trabalhos. 

Luiz Eduardo Machado, agente da Defesa Civil, comenta sobre deslizamento:


 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioChapecoense vence o Vitória fora de casa por 2 a 1  https://t.co/PrevzUCUkxhá 7 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioPalestrantes com renome mundial passam por Blumenau durante evento de negócios https://t.co/6Skt65IkCShá 8 horas Retweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros