Opinião: Pedágio aumenta responsabilidade de Bombinhas sobre segundo acesso - Cidades - O Sol Diário

Meio ambiente31/01/2017 | 10h49Atualizada em 31/01/2017 | 10h50

Opinião: Pedágio aumenta responsabilidade de Bombinhas sobre segundo acesso

Com cobrança de taxa ambiental, prefeitura terá que avaliar projeto

Foto: Reprodução / Facebook

A discussão sobre o segundo acesso de Bombinhas esquentou de vez. Uma campanha nas redes sociais, em diversas línguas, alerta para a proposta de abrir a estrada em área de preservação e deixar a Costeira de Zimbros à mercê da especulação imobiliária.

No fim de semana comerciantes se manifestaram pedindo urgência na execução do segundo acesso, considerado vital para desafogar o trânsito complicado durante o verão.

Ocorre que, além da questão legal, Bombinhas tem uma responsabilidade extra em relação à obra do segundo acesso. Que coerência teria o município em cobrar Taxa de Preservação Ambiental (TPA), mas liberar abertura de estrada em área de Mata Atlântica?

Que se abra um novo acesso é justo e necessário. Mas isso deve ser feito de maneira responsável.

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioJustiça extingue ação do MPF contra o maior residencial do país em Balneário Camboriú https://t.co/MnhT9P1tPahá 2 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioJustiça extingue ação do MPF contra o maior residencial do país em Balneário Camboriú https://t.co/kVXdsGQUXnhá 3 horas Retweet
O Sol Diário
Busca