Saiba quais são as cidades de Santa Catarina mais atingidas por raios - Cidades - O Sol Diário

Meteorologia31/01/2017 | 06h09Atualizada em 31/01/2017 | 06h09

Saiba quais são as cidades de Santa Catarina mais atingidas por raios

Desde o dia 1º, 84 mil descargas elétricas foram detectadas pelo Inpe. Terça-feira terá temporal com raios em todo o Estado 

Saiba quais são as cidades de Santa Catarina mais atingidas por raios Charles Guerra/Agencia RBS
Foto: Charles Guerra / Agencia RBS
Cristian Edel Weiss
Cristian Edel Weiss

cristian.weiss@diario.com.br

Do dia 1º até segunda-feira (30), quem liderou o registro de raios em Santa Catarina foi Joinville. Os sensores da rede BrasilDAT e do Inpe identificaram 3.925 raios na cidade. Logo atrás estão Garuva (3.173), Jaraguá do Sul (1.965) e São Francisco do Sul (1.825), localizados na faixa entre o Vale do Itajaí, Litoral Norte e Norte do Estado. Apenas em janeiro, oEstado registrou mais de 84 mil raios, média de dois por minuto.

Leia também:
Santa Catarina registrou média de dois raios por minuto em janeiro

Quem disse que o raio não cai duas vezes no mesmo lugar? Apesar das ocorrências dos últimos 30 dias se concentrarem no norte, não significa que as demais regiões estão mais seguras contra raios. Segundo levantamento do Elat, é no Oeste onde se encontram as cidades com maior densidade anual de descargas elétricas. 

Itapiranga lidera o ranking estadual, com 13 raios por quilômetro quadrado ao ano. Em seguida vêm Guarujá do Sul, Palma Sola e Barra Bonita. O índice não está tão distante do registrado nas áreas mais atingidas no país. Para se ter ideia, a cidade de Porto Real, no Rio de Janeiro, tem a maior concentração anual de raios no Brasil: 19 por quilômetro quadrado.

Municípios com maior incidência de raios neste mês em Santa Catarina

O Elat desenvolveu uma rede de sensores que monitora a ocorrência de descargas elétricas em todo o território brasileiro. Na página da rede BrasilDAT, é possível acompanhar em tempo real os dados coletados e uma previsão de raios com 24 horas de antecedência. 

Segundo o órgão, tomando por base as temperaturas dos oceanos Atlântico e Pacífico Sul, Equatorial e Norte, a previsão até o fim do verão é de uma incidência 10% maior de raios dentro da média histórica na Região Sul.

Leia também:
Santa Catarina registrou média de dois raios por minuto em janeiro

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioMultas aplicadas pelo Ibama em SC aumentam em 400% no início o ano https://t.co/jdW1ZCBdIThá 58 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioDesenho e aquarela: Nestor Jr se destaca no circuito de SC e tem trabalhos expostos em Paris https://t.co/ZdeVXUM53zhá 58 minutosRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros