Calor e chuva favorecem floração incomum que colore paisagem de Blumenau - Cidades - O Sol Diário

Clima04/02/2017 | 17h37

Calor e chuva favorecem floração incomum que colore paisagem de Blumenau

Calor e chuva favorecem floração incomum que colore paisagem de Blumenau Patrick Rodrigues/Agencia RBS
Foto: Patrick Rodrigues / Agencia RBS

Chuva, calor. Muita chuva, mais calor. Um pouco mais de chuva e dias insuportáveis de tão quentes. Essa receita simples, com apenas dois ingredientes, foi o suficiente para ocorrer em Blumenau um fenômeno incomum: a floração simultânea das extremosas e das quaresmeiras na paisagem urbana.

Com flores previstas para diferentes épocas do ano, as duas árvores coloriram a cinzenta paisagem da cidade nos dias – adivinhe? – de chuva durante a semana que passou. O fenômeno tem uma explicação, conforme o professor de botânica da Furb e um dos responsáveis pela confecção do Inventário Florístico-Florestal de Santa Catarina (IFF-SC), André Luiz de Gasper: o tempo muito quente e com chuva excessiva estressa a árvore, o que induz à floração. A planta imagina que pode vir a morrer por conta das condições do tempo e que para dar sobrevivência à espécie precisa reproduzir.
 

Ver as flores de ambas as árvores é comum durante o ano, porém não necessariamente ao mesmo tempo. A quaresmeira – como indica o próprio nome – costuma florescer entre o fim de fevereiro e abril, nos dias que antecedem a Páscoa, o período da Quaresma na tradição cristã. A planta é nativa brasileira, originária do Sudeste e difundida no Sul, principalmente por ser fácil de cultivar em áreas urbanas.
Já a extremosa é importada da Índia. Foi introduzida nos Estados Unidos pela primeira vez em 1790 por Andre Michaux e, anos depois, chegou ao Brasil.

Para o biólogo Lauro Bacca, o atraso das estações pode ter sido o fator determinante para o desabrochar tardio das flores da extremosa.

– A impressão que tive é de que nesse ano demorou tudo. Até os lagartos levaram mais tempo para sair da toca. Tivemos muitos meses de tempo frio ou fresco, o que acaba influenciando em fenômenos naturais – comenta.

– Essa também é uma possibilidade – finaliza Gasper.

JORNAL DE SANTA CATARINA - Blumenau

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol Diário"Temos que começar a pensar positivo", enfatiza Marquinhos após vitória do Avaí https://t.co/CkcABIFmIXhá 8 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioAvaí vence a Ponte Preta fora de casa e deixa a zona de rebaixamento https://t.co/dNxQybTfHIhá 8 horas Retweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros