Criança Kaingang morre atropelada no centro de Chapecó - Cidades - O Sol Diário
 

Luto na aldeia03/02/2017 | 17h08Atualizada em 04/02/2017 | 13h54

Criança Kaingang morre atropelada no centro de Chapecó

Menino Kaiangang acompanhava os pais na venda de artesanato quando foi atingida por um carro e projetada contra um ônibus

Criança Kaingang morre atropelada no centro de Chapecó Ary Júnior Spindula/RondaSC
Foto: Ary Júnior Spindula / RondaSC

Uma criança indígena morreu na tarde desta sexta-feira no centro de Chapecó, no Oeste do Estado. O menino Nomam da Rosa, 9 anos acompanhava os pais na venda de artesanato, hábito que faz parte da cultura da etnia Kaingang, quando foi atingido por um carro. 

Conforme testemunhas, após ser atropelado, ele foi arremessada contra um ônibus. Os pais estavam próximos e tentaram socorrer o menino. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência Ambulância Móvel (Samu) foi acionado. Porém, a criança morreu sobre o asfalto. 

Nomam da Rosa, 9 anos, morreu atropelado em Chapecó Foto: Conselho Indigenista Missionário / Arquivo pessoal

A família mora na aldeia Condá, interior de Chapecó. O Conselho Indigenista Missionário (Cimi) está dando apoio à família.

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioBrusque, Inter de Lages e Tubarão iniciam luta pelo acesso na Série D https://t.co/YonO9ezqiChá 3 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioCriciúma aposta na pegada para encarar a Ponte Preta no Heriberto Hülse https://t.co/89mUYBpAYHhá 3 horas Retweet
O Sol Diário
Busca