Perícia reconstitui acidente com Camaro nos Ingleses - Cidades - O Sol Diário

Tragédia no Réveillon06/02/2017 | 19h41Atualizada em 06/02/2017 | 19h43

Perícia reconstitui acidente com Camaro nos Ingleses

Peritos investigam velocidade dos carros envolvidos na colisão

Perícia reconstitui acidente com Camaro nos Ingleses Helen Reis/Divulgação
Foto: Helen Reis / Divulgação

O Instituto Geral de Perícias realizou na manhã desta segunda-feira a reconstituição do acidente da madrugada de Réveillon nos Ingleses, que matou uma pessoa e deixou outras duas gravemente feridas. O objetivo dos peritos é determinar a dinâmica da colisão e a velocidade dos carros envolvidos. Além do Camaro, um Audi também participou do acidente.

A perícia foi feita a pedido do delegado Eduardo Mattos, titular da 8ª DP. Três peritos, acompanhados de policiais civis e militares, além da Guarda Municipal, acompanharam os trabalhos. Durante a perícia, o trânsito foi parcialmente interrompido na SC-403, em frente à RMS Autosom.

Conforme o diretor do Instituto de Criminalística do IGP, Walmir Gomes, os agentes do IGP examinaram as imagens das câmeras de segurança da região, e com base nas perícias já realizadas anteriormente, analisaram as distâncias.

— Com essas imagens, pelo numero de quadros por minuto dos vídeos, foram feitos testes com o nosso próprio carro para auferir a velocidade. Além disso, tem as marcas de frenagem e derrapagem que ainda ficaram no chão, iluminação. E aí tu soma todos esses dados para determinar quem foi o culpado pelo acidente.

 Os laudos periciais devem determinar, além das velocidades, se se as sinaleiras estavam ligadas, quem invadiu a pista, se estavam realmente fazendo um racha. A expectativa de Walmir Gomes é de que em até 15 dias os documentos estejam prontos. Até lá não é possível dar nenhuma informação sobre a investigação. Esta é a última perícia do crime.

Motorista segue foragido

Jeferson Bueno, até agora o único suspeito do crime, é procurado. Conforme o delegado Eduardo Mattos, o motorista, morador de Sapiranga (RS), pode estar fora do país. As polícias civis gaúcha, do Paraná e de São Paulo foram acionadas para ajudar nas buscas.

O advogado de Bueno não foi localizado para falar sobre a perícia desta segunda-feira. No entanto, ele já havia dito em outra oportunidade que iria aguardar o resultado dessa perícia para que seu cliente se entregasse.

Nilandres voltou para Passo Fundo
Gean Matos, de 22 anos, uma das vítimas do acidente, já está caminhando. Ele se recupera no Hospital Regional de São José. E Nilandres, dono da loja RMS, onde o acidente aconteceu, voltou para seguir o tratamento em Passo Fundo (RS). A esposa, Cris Flores, foi enterrada na cidade gaúcha, e lá os filhos já estavam sendo cuidados pelos avós. Aos 36 anos, Nilandres teve as duas pernas amputadas acima do joelho.


 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioCorpos das crianças mortas em incêndio serão sepultados neste sábado em Pomerode https://t.co/HHhrvyRWOvhá 34 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioComitiva da Defesa Civil de SC irá aos EUA para treinamento do novo radar móvel que cobrirá o Sul https://t.co/Ckv4ZMAVdshá 34 minutosRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros