Prefeitura de Florianópolis e sindicato chegam a acordo, que será votado em assembleia da categoria - Cidades - O Sol Diário
 
 

Greve22/02/2017 | 10h26Atualizada em 22/02/2017 | 16h16

Prefeitura de Florianópolis e sindicato chegam a acordo, que será votado em assembleia da categoria

Presença da imprensa ou da comunidade não foi autorizada

Prefeitura de Florianópolis e sindicato chegam a acordo, que será votado em assembleia da categoria Cristiano Estrela/Agencia RBS
Audiência de conciliação tem início no Tribunal de Justiça de Florianópolis Foto: Cristiano Estrela / Agencia RBS
Diário Catarinense
Diário Catarinense

Começou às 9h13min a audiência de conciliação no Tribunal de Justiça (TJ) entre a prefeitura e o Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Florianópolis (Sintrasem). A reunião foi solicitada pelo Excecutivo da Capital e aceita pela desembargadora Vera Lúcia Copetti, para tentar encerrar a greve dos trabalhadores, que já dura 37 dias. No encontro, a presença da imprensa ou da comunidade não foi autorizada. As duas partes chegaram a um acordo, que será debatido em assembleia da categoria.

De um lado, o prefeito Gean Loureiro (PMDB) está acompanhado do secretário da Casa Civil, Filipe Mello, do procurador-geral do município, Diogo Pítsica, e outros membros do governo. Do outro, o presidente do Sintrasem, Alex Santos, é auxiliado pelo advogado e dirigentes da categoria.

Servidores aguardam o fim da audiência na frente do TJ Foto: Cristiano Estrela / Agencia RBS

Antes mesmo do início dos trabalhos, um grupo de servidores que integra o movimento de paralisação tentou participar do encontro. Com a proibição, os servidores se concentram agora em frente ao TJ. 

Leia mais notícias:
Novo projeto de lei de Gean Loureiro (PMDB) é oficialmente apresentado aos vereadores em Florianópolis

Audiência de conciliação é a última tentativa de acordo para encerrar a greve em Florianópolis

Servidores de Florianópolis decidem manter greve, que já dura 35 dias

O Sol Diário
Busca