Professor de Itajaí faz sucesso nas redes sociais com música educativa para crianças - Cidades - O Sol Diário

Educação03/02/2017 | 11h58Atualizada em 03/02/2017 | 14h08

Professor de Itajaí faz sucesso nas redes sociais com música educativa para crianças

Canção 'O meu amigo eu vou respeitar' atingiu mais de um milhão de visualizações no Facebook

Professor de Itajaí faz sucesso nas redes sociais com música educativa para crianças Eliton Seára/Arquivo Pessoal
Eliton Seára gravou a música com a afilhada  Mariana Kawanami e prima dela, Luana Zimmermann Foto: Eliton Seára / Arquivo Pessoal

Com um violão e muito bom humor, o professor de Educação Física Eliton Seára, 28 anos, começou a compor canções para ajudar na educação das crianças. Já são mais de 30 músicas, algumas feitas no improviso, durante as atividades com os alunos, mas uma canção superou as expectativas, O meu amigo eu vou respeitar atingiu mais de um milhão de visualizações no Facebook e já foi compartilhada por quase 30 mil pessoas.

A música que viralizou nas redes sociais foi publicada há cerca de um mês, a gravação foi uma ideia da afilhada Mariana Kawanami, de quatro anos, que chamou a prima Luana Zimmermann, da mesma idade, para cantar e coreografar a canção, que ensina respeito e carinho com os amigos.

Professor há quatro anos, Eliton atua no Centro de Educação Infantil Hercílio Bento, em Itajaí. Ele conta que usa a música como didática para educar as crianças durante as aulas: 

— Geralmente as canções surgem a partir de problemáticas que percebo entre os alunos. Quando vi a questão da agressividade, decidi compor O meu amigo eu vou respeitar. Pauto muito a ideia da criatividade como didática e fica mais fácil por meio da música. Inclusive, a neurociência diz que as canções atingem partes do cérebro de maneira diferente, gerando novas memórias corporais — explica.

A canção é recomendada para crianças a partir dos dois anos, quando começam as atividades orais, como colocar os objetos na boca e morder, e inicia a fase do egocentrismo infantil, uma característica do desenvolvimento das crianças, quando há dificuldade de compartilhar brinquedos e outros objetos.

O vídeo foi publicado na página Educação Física e Educação Infantil, criada em 2014 para compartilhar os métodos educativos com outros professores e pedagogos. O projeto ficou parado por quase dois anos, tendo continuidade em novembro do ano passado. O vídeo de retomada atingiu mais de 30 mil visualizações no primeiro dia, o que revelou o potencial da página.

Para os pais que enfrentam dificuldades na hora de lidar com filhos na fase egocêntrica, Eliton sugere algumas possibilidades:

Loading...

Loading...

Confira a letra da música para cantar com as crianças:

O meu amigo eu vou respeitar
A minha amiga eu vou respeitar
Não pode bater
Não pode morder
Não pode machucar
Tem que fazer carinho
Tem que dar um abraço
E tem que ajudar
O meu amigo vou respeitar
A minha amiga vou respeitar

Leia também:

Entenda o funcionamento do ensino médio integral em SC

Pais e escolas apostam no xadrez para desenvolver habilidades nas crianças

Oficinas de desprincesamento ensinam meninas a crescer livres de estereótipos de gêneros

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioFestival Internacional Dança em Trânsito chega a SC e apresenta espetáculos de cinco países https://t.co/Rb7E8PITuQhá 3 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioJaraguá vence "clássico", e Concórdia vira líder do returno da Segundona https://t.co/se3RTT71DGhá 7 horas Retweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros