Relatório da Fatma aponta que 62,6% dos pontos avaliados em SC estão próprios para banho - Cidades - O Sol Diário
 
 

Balneabilidade17/02/2017 | 21h34Atualizada em 17/02/2017 | 21h35

Relatório da Fatma aponta que 62,6% dos pontos avaliados em SC estão próprios para banho

Novo levantamento mostra que, dos 214 pontos avaliados, 134 estão aptos

Diário Catarinense
Diário Catarinense

O relatório de balneabilidade desta semana, divulgado nesta sexta-feira pela Fundação do Meio Ambiente, a Fatma, mostra que, da semana passada para agora, o número de pontos próprios para banho em Santa Catarina caíram. A 11ª análise do ano mostrou que dos 214 locais monitorados, 134 estão aptos para banho, o equivalente a 62,6% do total. No décimo relatório, 139 pontos estavam próprios (65%). As análises foram feitas entre os dias 13 e 17 de fevereiro. 

Em Florianópolis, dos 75 pontos avaliados, 45 (60%) estão próprios para banho _ na semana anterior esse número era de 47 (62,7%). No restante do litoral, dos 139 locais monitorados, 89 estão aptos para os banhistas, o equivalente a 64%. Comparado ao relatório anterior, o número de pontos próprios caiu. Onze pontos passaram a ser impróprios e seis passaram a ser indicados aos banhistas. 

Na avaliação do técnico em laboratória da Fatma, Marlon Daniel da Silva, a oscilação é normal para a época do ano.

— Sempre indicamos a consulta ao relatório e uma atenção ao histórico daquele ponto. Em uma mesma praia, pode haver diversos locais próprios para banho — sugere. 

Como é feita a análise

Para dizer se um ponto é próprio ou impróprio para banho, a Fatma analisa a presença da bactéria Escherichia Coli, presente em fezes de animais e humanos. São necessárias cinco coletas consecutivas para se obter o resultado. Para esta temporada, as amostras começaram a ser coletadas em 31 de outubro. Quando em 80% das análises a quantidade da bactéria é inferior a 800 por 100 mililitros, o ponto é considerado próprio. A Fatma afirma que o programa estadual é um dos mais completos do Brasil e executado há 40 anos.

Os pontos analisados são nos municípios de Araranguá, Balneário Arroio do Silva, Balneário Gaivota, Balneário Camboriú, Balneário Barra do Sul, Balneário Rincão, Barra Velha, Biguaçu, Bombinhas, Florianópolis, Garopaba, Governador Celso Ramos, Imbituba, Itajaí, Itapema, Itapoá, Jaguaruna, Joinville, Laguna, Navegantes, Palhoça, Passo de Torres, Penha, Piçarras, Porto Belo, São Francisco do Sul e São José.

Confira os pontos próprios e impróprios, segundo a Fatma


O Sol Diário
Busca