Três mulheres da mesma família são mortas a facadas em Cunha Porã, no Oeste de Santa Catarina - Cidades - O Sol Diário

Triplo homicídio28/02/2017 | 07h12Atualizada em 28/02/2017 | 15h25

Três mulheres da mesma família são mortas a facadas em Cunha Porã, no Oeste de Santa Catarina

Suspeito de cometer o crime seria ex-companheiro de uma das vítimas. É o segundo caso de feminicídio registrado este ano no Oeste do Estado

Três mulheres da mesma família são mortas a facadas em Cunha Porã, no Oeste de Santa Catarina Darci Debona/Agência RBS
No Oeste, três mulheres foram assassinadas em Cunha Porã, no Oeste de Santa Catarina Foto: Darci Debona / Agência RBS
Diário Catarinense
Diário Catarinense

Uma mulher de 23 anos, e duas adolescentes, um de 15 e outra de 12 anos, foram assassinadas a facadas na noite desta segunda-feira em Cunha Porã, no Oeste de Santa Catarina. Julyane Horbach, Rafaela Horbach e Fabiana Horbach eram irmãs e estavam dentro da casa em que moravam, na Linha Sabiazinho, por volta das 21h30min, quando, segundo o Corpo de Bombeiros, Jackson Lahr, de 24 anos, invadiu a residência e matou as três. De acordo com os bombeiros, o autor do crime seria ex-companheiro de uma das vítimas. O ex-casal tinha um filho de apenas dois meses. A criança estava no local no momento do crime, mas foi encontrada ilesa no berço.

Além das mulheres mortas, o esposo de Julyane, identificado como Gilvane Meyer, de 25 anos, também foi ferido. Ele foi levado para o Hospital Regional de São Miguel do Oeste, onde segue internado. O sepultamento das três irmãs será na tarde desta terça-feira. 

Já Jackson, que tem passagens pela polícia, foi encontrado pela Polícia Militar (PM) por volta de 1h15min fora da cidade. Segundo informações iniciais, ele teria deixado o local do crime e seguido até um hospital próximo. Como estava bastante ferido,  acabou transferido para outra unidade médica, o hospital municipal de Cunhataí. Durante a madrugada o suspeito foi encaminhado para delegacia em São Carlos. 

O boletim de ocorrência registrado pela PM da cidade indica que o crime teve motivação passional, causado por ciúmes. O caso deve ser enquadrado como feminicídio

Crime semelhante no início do ano

No dia 23 de janeiro de 2017, outro triplo homicídio passional foi registrado em Barra Bonita, também no Oeste catarinense. Segundo informações da Polícia Militar (PM), um homem de 59 anos teria matado a ex-namorada, a sobrinha dela e um terceiro jovem. Ele foi preso em flagrante e a investigação ainda está em andamento na cidade. 

Leia mais notícias:

"Ele prometeu que ia matá-las", conta pai das três moças mortas em Cunha Porã, no Oeste de SC

Irmãs assassinadas serão sepultadas em Cunha Porã, no Oeste de SC


 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioVereadores levam corte de bolsas de estudo em Itajaí ao Ministério Público https://t.co/QO9RboSgZYhá 28 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioObama: mudanças no sistema de saúde prejudicarão "milhões de americanos" https://t.co/brj5g6S55ahá 28 minutosRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros