Apreensões de adolescentes em Santa Catarina crescem desde 2011  - Cidades - O Sol Diário

Segurança02/03/2017 | 03h02Atualizada em 02/03/2017 | 09h55

Apreensões de adolescentes em Santa Catarina crescem desde 2011 

Ano de 2016 terminou com quase 2 mil apreensões no Estado

Apreensões de adolescentes em Santa Catarina crescem desde 2011  Salmo Duarte/Agencia RBS
Foto: Salmo Duarte / Agencia RBS

A média de cinco adolescentes apreendidos por dia em Santa Catarina, no ano passado, é reflexo de uma estatística que não para de crescer desde 2011 no Estado. Foram quase 2 mil apreensões em 2016. Responsável pela coordenação das delegacias de Proteção à Criança, a Adolescente, à Mulher e ao Idoso em SC, a delegada Patrícia Zimmermann alerta que têm sido mais comum o envolvimento de jovens em delitos graves, como crimes contra a vida — delitos que não envolvem violência diretamente, como o tráfico de drogas, raramente resultam em apreensão.

Casos de adolescentes ligados a facções também são frequentes, diz a delegada. Apesar de defender que o Estado não pode abrir mão de fazer o jovem responder por seus atos, Patrícia defende que a cadeia (internação, no caso dos adolescentes) não é a principal resposta para mudar essa realidade.

—Cadeia não resolve tudo. Em muitos casos, eles voltam a praticar crimes quando são maiores de 18 anos. Então, só mudam de estabelecimento. Fica difícil só falar em prender e apreender quando não há um trabalho de acompanhamento, de reinserção. Ver quais são os motivos da prática desses crimes — aponta.

A distância da escola é outro ponto destacado pela delegada em relação aos adolescentes apreendidos. No entendimento da representante da Polícia Civil, os pais muitas vezes são omissos quando o problema é percebido ainda na sala de aula. 

—Temos de chamar as famílias ao debate porque quem educa é pai e mãe. Escola dá conhecimento. Muitos transferem para a escola essa responsabilidade e tiram da escola a autoridade quando o jovem é repreendido — avalia.

Três pessoas são presas pela polícia a cada hora em Santa Catarina

"As leis são ineficazes, o sistema está falido", critica comandante-geral da PM 

"Não temos ressocialização", aponta defensora pública em Santa Catarina


 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioPerto do fim do turno, Figueirense vive realidade: a luta é para não cair https://t.co/LImbU7Mo7lhá 40 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioPolícia Federal deflagra operação contra pornografia infantil em SC https://t.co/qsGz63B0YYhá 45 minutosRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros