Projeto social dá aulas de ciclismo para crianças e adolescentes no Morro da Cruz - Cidades - O Sol Diário

Pedaladas31/03/2017 | 07h55Atualizada em 31/03/2017 | 14h40

Projeto social dá aulas de ciclismo para crianças e adolescentes no Morro da Cruz

Subir um dos morros mais altos de Florianópolis vai ser tarefa fácil para essa molecada 

Projeto social dá aulas de ciclismo para crianças e adolescentes no Morro da Cruz Leo Munhoz/Agencia RBS
Treinos começaram nessa semana no Parque Municipal do Morro da Cruz, uma das mais belas vistas da cidade Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS

— Eu estava de bobeira na rua e vi meus amigos todos chegarem com um uniforme diferente. Eles me disseram que era de um projeto de ciclismo aqui do morro. Perguntei se tinha vaga e agora estamos aqui — conta todo suado após uma hora de pedalada o Érick Cauan Ribeiro, de 12 anos, morador do Morro do Horácio e novo integrante do projeto Ciclista Cidadão de Florianópolis.

As aulas começaram nessa semana no Parque Municipal do Morro da Cruz, uma das mais belas vistas da cidade. Além de treinarem um esporte de alto rendimento, os alunos terão noções de mecânica e de ciclismo no trânsito. Por enquanto são 10 alunos. Nesta quinta-feira (30), sete foram para aula: além do Érick, Esdras, Luis Gustavo, Luis Fernando, Junior, Luan e Wellington estiveram presentes.

Diones Chinelato é quem toca o projeto de forma voluntária. A equipe do Avaí Ciclismo apoia com material. Ele ainda aguarda o fechamento do convênio com a prefeitura. Diones explica que o objetivo não é formar novos atletas, embora isso seja possível.

Aulas acontecem dentro do Parque Municipal do Morro da Cruz Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS

— Pela idade e pelo biotipo, potencial eles têm, agora vai depender da disciplina.
No treino de hoje, o pneu de uma bicicleta furou e foram os próprios alunos que trocaram.

— Hoje o segmento cresceu muito, e aqui no morro, por exemplo, não tem mecânico de bicicleta suficiente pra tanta demanda. O projeto aqui pode inclusive dar uma profissão pra essas crianças _ acredita o professor.

As primeiras aulas serão dentro das trilhas do parque. Mais pra frente, depois que eles tiverem mais conhecimento, a ideia é tomar as ruas e subir o morro. O Érick garante que já sobe e desce o Horácio de bike. Mas o Luis Fernando, de 13 anos, ainda vai precisar de mais aulas, já que pretende competir profissionalmente. O moleque, que também mora no Horácio, está ansioso por disputar com os colegas. Mas perguntado sobre a condição física, brinca.

— Por enquanto eu só consigo descer o morro!

Luis Fernando, de 13 anos, pretende competir profissionalmente Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS

O curso acontece nas segundas e quintas-feiras, das 15h30min às 16h30min, para meninos e meninas de 11 e 15 anos. Para participar, é necessário estar frequentando aulas da rede pública. O projeto disponibiliza bicicletas, capacetes e camisetas, além de um lanche para os alunos participantes.

A ideia é envolver todas as comunidades do Maciço do Morro da Cruz e atender o maior número possível de crianças. Quem tiver interesse em fazer parte do grupo, pode ir até o Parque Ambiental Morro da Cruz e preencher a ficha de inscrição do projeto.

Em nota ao jornal Hora de SC, a prefeitura de Florianópolis informou que a parceria do projeto Ciclista Cidadão com a Prefeitura envolve o espaço onde são realizadas as aulas, o local em que as bicicletas e os equipamentos ficam guardados, os lanches que os alunos recebem durante os treinos, bem como o apoio institucional do município.

"A Prefeitura afirma que está buscando parcerias que não envolvam necessariamente recursos públicos, como o apoio na doação de mais bicicletas e equipamentos em lojas especializadas para ampliação do projeto", informou o Município.

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioAudiência pública na Alesc vai debater liminar que restringe atuação de enfermeiros no SUS em SC  https://t.co/95CBjJ2kmyhá 4 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioEm três meses, 67 cães são diagnosticados com leishmaniose e 36 são eutanasiados em Florianópolis https://t.co/y909rahdrIhá 10 horas Retweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros