Atentado contra comboio de ônibus mata 126 civis na Síria, entre eles pelo menos 68 crianças  - Cidades - O Sol Diário

Violência16/04/2017 | 10h41Atualizada em 16/04/2017 | 16h13

Atentado contra comboio de ônibus mata 126 civis na Síria, entre eles pelo menos 68 crianças 

Veículos transportavam pessoas durante evacuação de duas cidades rebeldes sitiadas pelo regime

Atentado contra comboio de ônibus mata 126 civis na Síria, entre eles pelo menos 68 crianças  Omar haj kadour/AFP
Os ônibus estavam estacionados em Al Rashidin, setor rebelde a oeste de Aeppo Foto: Omar haj kadour / AFP
AFP e Agência Brasil

O Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH) informou que pelo menos 68 crianças estão entre as 126 pessoas que morreram no atentado com uma caminhonete-bomba realizado no sábado contra um comboio de ônibus, um dos ataques mais violentos em mais de seis anos de guerra.

Segundo a organização não governamental (ONG), 109 eram moradores de Al Fu'ah e Kafarya e voluntários do Crescente Vermelho Sírio, que estavam ali para facilitar o processo de evacuação. Além das crianças, havia ainda 13 mulheres, enquanto que o resto eram homens armados. 

A ONG não descartou que o número de mortos aumente ainda mais, pois há dezenas de feridos e desaparecidos.

O atentado ocorreu quando os ônibus com evacuados de Al Fu'ah e Kafarya, dois povoados de maioria xiita da província de Idlib (noroeste), esperavam na passagem de Al Rashidin para cruzar para as áreas sob o controle das autoridades do regime em Aleppo.

Os veículos estavam estacionados nessa área, quando uma caminhonete explodiu. Por enquanto, nenhuma organização reivindicou este ataque.

Leia mais:

Papa Francisco implora pela paz na Síria e no Oriente Médio
G7 se reúnem com Turquia e países árabes para falar sobre a Síria
Ataque aéreo contra Estado Islâmico mata pelo menos 15 civis na Síria

O suicida estava dirigindo uma caminhonete que transportava ajuda alimentar e detonou o veículo perto dos 75 ônibus estacionados em Al Rashidin, setor rebelde a oeste da metrópole, de acordo com OSDH.

Cerca de 5 mil pessoas evacuadas na sexta-feira das cidades de Fua e Kafraya, duas localidades favoráveis ao regime e sitiadas pelos rebeldes, estavam a bordo dos ônibus visados.

A evacuação se deu por conta de um acordo que permitiu a saída simultânea de duas cidades rebeldes sitiadas pelo regime.

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioCandidatos opostos se enfrentam no segundo turno da eleição presidencial na França https://t.co/QjAnqIANRyhá 14 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioMacron e Le Pen disputarão segundo turno da eleição na França https://t.co/xvwNuU0TIqhá 19 minutosRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros