Polícia investiga se gestante que morreu após dar à luz foi agredida pelo marido na Serra de SC - Cidades - O Sol Diário

Violência doméstica05/04/2017 | 09h19Atualizada em 05/04/2017 | 16h15

Polícia investiga se gestante que morreu após dar à luz foi agredida pelo marido na Serra de SC

Vítima de 40 anos chegou ao hospital com marcas de violência

A Polícia Civil investiga a morte de uma mulher após dar à luz a uma bebê em Lages, na Serra de Santa Catarina. Segundo os funcionários do Hospital Tereza Ramos, a vítima de 40 anos chegou ao local no dia 3 de março com marcas de violência e a suspeita é que ela tenha sido agredida pelo marido. Na hora do parto, no último dia 9, os médicos também perceberam que o braço da mulher estava deslocado. Após a cesariana, a vítima permaneceu internada na UTI por algumas semanas, mas faleceu na quarta-feira passada, 29 de março. As informações são da RBS TV. 

No Boletim de Ocorrência (BO), a filha da vítima, de 21 anos, afirmou aos policiais que o homem de 30 anos havia agredido a mulher na cidade de Santa Cecília, onde moram familiares. Após a violência, uma ordem judicial foi expedida para proibir a entrada do pai no hospital. 

A bebê nasceu de 7 meses e, após a morte da mãe, foi recolhida pelo Conselho Tutelar de Urubici. A Polícia Civil interrogou o homem que negou as acusações e foi liberado em seguida. O suspeito segue à disposição da justiça. 

Leia mais notícias:
115 boletins de ocorrência por violência contra mulher foram registrados no 8 de março em SC

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioLuanzinho se espelha em experientes do Avaí para brilhar com a camisa azurra https://t.co/vIDIr35HkGhá 49 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioFigueirense vence o Tubarão por 3 a 0 em jogo-treino no Scarpelli https://t.co/lEhKx7ktZEhá 1 horaRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros