Sobrevivente da chacina na Costeira morre no Hospital Regional de São José - Cidades - O Sol Diário

Segurança09/04/2017 | 23h26Atualizada em 09/04/2017 | 23h33

Sobrevivente da chacina na Costeira morre no Hospital Regional de São José

Outras duas vítimas do ataque seguem internadas em estado grave

Sobrevivente da chacina na Costeira morre no Hospital Regional de São José Felipe Carneiro/Agencia RBS
Briga entre grupos rivais foi estopim para chacina na Costeira, em Florianópolis, na quarta-feira (5) Foto: Felipe Carneiro / Agencia RBS

Maico Ramos, 33 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu três dias após tiroteio no bairro Costeira, em Florianópolis. Ele estava internado na UTI do Hospital Regional São José e morreu no fim da manhã de sábado, de acordo com a Polícia Civil. Outras duas vítimas com ferimentos graves estão internadas no Hospital Celso Ramos, na Capital. Maico é o quarto óbito da chacina. 

Maico, conhecido como Jamaica, não resistiu aos ferimentos de bala na cabeça e no abdômen. Na noite do tiroteio, morreram Christopher Carlos da Rosa, conhecido como Fofão, Igor Mazonim Leite Soares, 20 anos, e Samuel Rosa da Silva, de 22 anos.

Adalberto da Silva Junior, 23 anos, que tem mandado de prisão em aberto, e Felipe Machado, também com pedido de prisão em vigor, seguem internados no Hospital Celso Ramos, na Capital.

Dois homens foram presos preventivamente, suspeitos de terem participado da ação na Costeira. 

Lei mais
Após soltura, juíza plantonista manda prender suspeitos de chacina na Costeira
Florianópolis chega a 63 mortes em 2017
Três homens morrem após confronto entre grupos rivais na Costeira

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioCatarinenses conhecem adversários na estreia da Copa do Brasil; Figueirense terá viagem mais longa https://t.co/I1lBJJZr7Ihá 15 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioPorto Belo desiste de projeto de adutora na praia https://t.co/ljiSWTdCbvhá 16 horas Retweet
O Sol Diário
Busca