Vacinação contra gripe em cães deve ser feita até o fim de abril - Cidades - O Sol Diário
 
 

Cuidados com o pet05/04/2017 | 16h08Atualizada em 05/04/2017 | 16h08

Vacinação contra gripe em cães deve ser feita até o fim de abril

A vacina custa em média R$ 90 e deve ser aplicada anualmente em filhotes a partir de nove semanas de vida

Vacinação contra gripe em cães deve ser feita até o fim de abril Betina Humeres/Agencia RBS
Foto: Betina Humeres / Agencia RBS
Diário Catarinense
Diário Catarinense

Uma das doenças que mais acomete aos cães no inverno é a gripe, com a aproximação da estação mais fria, a orientação é vacinar os animais para prevenir epidemias. O médico-veterinário Luciano Granemann e Silva, conta que já é perceptível um aumento do número de casos na sua clínica para esta época do ano: só em março foram mais de 30. Silva acredita que uma possível explicação para este crescimento seja a redução de animais imunizados em 2016.

A vacina custa em média R$ 90 e a orientação é que seja aplicada anualmente em filhotes a partir de nove semanas de vida, entre os meses de março e abril, para que os animais já estejam protegidos antes que esfrie. A gripe é altamente contagiosa, pois é transmitida por meio de vírus que se propagam facilmente pelo ar através de tosses e espirro. 

— A gripe canina é causada por um vírus chamado parainfluenza e uma bactéria chamada bordetella, a doença é bastante comum, conhecida como tosse dos canis, parece que o cão está engasgado. A vacina já existe há cerca de 10 anos, mas é pouco utilizada. Como este ano esfriou um pouco mais cedo e tivemos pouca vacinação no ano passado há um risco de epidemia — explica Silva 

Para prevenir os pets da doença, deve-se também evitar contato com animais infectados e fazer consulta com o médico veterinário ao primeiro sinal de sintomas, o principal deles é a tosse seca. E é preciso ficar atento pois, se não for tratada a tempo, a enfermidade pode evoluir para uma infecção respiratória mais grave.

E os gatos?

Foto: Felipe Carneiro / Agencia RBS

Silva explica que os gatos têm o sistema imunológico diferente dos cães e são acometidos por outros tipos de gripes. A mais preocupante é causada por um vírus chamado Clamidia Psittaci, que costuma estar incluso no pacote de vacina polivalente que os animais devem tomar nos primeiros meses de vida. Uma das preocupações com a saúde dos felinos gerada pela mudança de temperatura é a asma, que ocorre mais em fêmeas e gatos entre dois e oito anos. Caso seu gato tenha tosse, consulte um médico-veterinário para avaliação e orientação.

Leia também:

Abrigo de cães e gatos abandonados está com superlotação em Florianópolis

Histórias de mulheres que construíram relações de amor e intimidade com seus pets

Moradores de Araranguá poderão doar R$ 1 na conta de água para a castração de animais


O Sol Diário
Busca