Caravana de 30 ônibus saiu de SC rumo a Brasília para manifestação desta quarta-feira - Cidades - O Sol Diário
 
 

Política23/05/2017 | 19h02Atualizada em 24/05/2017 | 10h43

Caravana de 30 ônibus saiu de SC rumo a Brasília para manifestação desta quarta-feira

CUT no Estado estima que pelo menos 1,3 mil catarinenses devem participar dos atos contra o atual presidente na capital federal

Caravana de 30 ônibus saiu de SC rumo a Brasília para manifestação desta quarta-feira Força Sindical de SC/Reprodução Facebook
Na manhã desta quarta-feira, grupos de SC se concentram em Brasília  Foto: Força Sindical de SC / Reprodução Facebook
Diário Catarinense
Diário Catarinense

Pelo menos 1,3 mil catarinenses devem participar da mobilização nacional em Brasília, prevista para esta quarta-feira. Segundo a Central Única dos Trabalhadores (CUT) de Santa Catarina, 30 ônibus saíram de todas as regiões do Estado na segunda-feira com destino à capital federal. A manifestação, que está sendo chamado de Ocupa Brasília, deve reunir pessoas de todo o país, que militam contra as reformas propostas pelo governo Temer e contra o próprio presidente. 

Os atos contrários ao atual governo ganharam força na última semana depois que Temer foi citado na delação da JBS no âmbito da Lava-Jato. Em Brasília, conforme eventos criados no Facebook, a concentração está prevista para às 14h no entorno do estádio Mané Garrincha. Apesar do baixo número de confirmações no evento chamado de Ocupa Brasília - 619 até o fim da tarde desta terça-feira -, a expectativa dos organizadores é reunir 100 mil pessoas durante a marcha e no ato em frente ao Congresso Nacional.

Florianópolis também tem ato marcado

Também nesta quarta-feira, está previsto uma passeata pelo centro de Florianópolis. O ato na capital catarinense tem como ponto de encontro o calcadão central da Avenida Paulo Fontes, no Centro, em frente ao Ticen. A concentração começa às 17h e a manifestação, segundo a CUT, é organizada pelo Fórum em Defesa dos Diretos dos Trabalhadores, pela frente Fora Temer e Brasil Popular. Ainda conforme a assessoria da CUT, não estariam previstos protestos em outras cidades do Estado.

Na última quinta-feira, um dia depois das denúncias publicadas pelo jornal O Globo abalarem o país, as centrais sindicais convocaram mais um protesto em Florianópolis. O grupo, que segundo a Polícia Militar somava 4 mil pessoas, saiu em caminhada pelas ruas centrais da cidade. Ao todo, dois confrontos entre a PM e os manifestantes foram registrados na data. 

Leia também:
Centrais sindicais preparam marcha em Brasília nesta quarta-feira

Protesto em Florianópolis pede a renúncia imediata de Michel Temer

ntFrom:cms -->
O Sol Diário
Busca