Pente-fino do INSS cancela mais de 102 mil auxílios-doença no país  - Cidades - O Sol Diário

Revisão17/05/2017 | 21h42Atualizada em 17/05/2017 | 21h42

Pente-fino do INSS cancela mais de 102 mil auxílios-doença no país 

Em Santa Catarina, são quase 7 mil usuários impactados

Pente-fino do INSS cancela mais de 102 mil auxílios-doença no país  Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS
Agência Brasil
Agência Brasil

O governo federal cancelou 81% dos 126,2 mil benefícios de segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que recebiam o auxílio-doença e há mais de dois anos não passavam por avaliação médica. Desde o início do segundo semestre de 2016, o órgão faz um pente-fino nos benefícios por incapacidade.

Com o fim dos pagamentos dos 102,6 mil benefícios, o governo estima uma economia de R$2 bilhões para os cofres públicos. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, a revisão mostrou ¿que as pessoas estão saudáveis e aptas para retornar ao trabalho¿. A avaliação periódica é obrigatória para manutenção do benefício.

Até agora, foram enviadas 322,8 mil cartas de convocação para revisão do auxílio-doença. Após o recebimento, o segurado tem cinco dias úteis para agendar a perícia pelo Disque 135. O beneficiário que não atender à convocação ou não comparecer na data agendada terá o benefício suspenso.

Em Santa Catarina, o governo federal cancelou 6.721 auxílios-doença, o que trouxe uma economia de R$ 111,7 milhões aos cofres da União. O pente-fino nesses benefícios começou em julho do ano passado, após o governo identificar 101,5 mil catarinenses que estavam recebendo o benefício por determinação judicial sem que tivessem passado por avaliação médica nos últimos dois anos.

Números

O não comparecimento do segurado à convocação do INSS já levou ao cancelamento de 11,5 mil benefícios. Além disso, 17,3 mil benefícios foram convertidos em aposentadoria por invalidez; 1,3 mil em auxílio-acidente; 629 em aposentadoria por invalidez com acréscimo de 25% no valor do benefício e 4,2 mil pessoas foram encaminhadas para reabilitação profissional.

Ao todo, serão convocadas 1,7 milhão de pessoas que há mais de dois anos estão sem perícia. Dessas, 530 mil recebem o auxílio-doença e 1,1 mil são aposentadas por invalidez com menos de 60 anos.

Os beneficiários de auxílio-doença com mais de 60 anos também já começaram a ser chamados. Até o momento, 12,7 mil segurados nessa categoria passaram por perícia médica. Do total, 8 mil benefícios (63%) foram cancelados.

Leia também:
Governo cancela 86% dos auxílios-doença que passaram por pente-fino do INSS em SC

INSS convoca para pente-fino beneficiários com mais de 60 anos

73 mil aposentados por invalidez terão benefício revisado em SC

INSS prevê revisão de 100 mil benefícios em Santa Catarina

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioPolícia apreende 1,5 tonelada de maconha em Itajaí e mais três cidades https://t.co/eM84LHDcNshá 5 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioDiretor da Chapecoense defende trabalho de Vagner Mancini https://t.co/BweuOWc13whá 5 horas Retweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros