"Barragens cumpriram um papel importante", diz Raimundo Colombo em reunião com a Defesa Civil  - Cidades - O Sol Diário

chuva em sc06/06/2017 | 09h39Atualizada em 06/06/2017 | 16h03

"Barragens cumpriram um papel importante", diz Raimundo Colombo em reunião com a Defesa Civil 

Governador de Santa Catarina se encontrou com técnicos nesta manhã para avaliar a situação dos rios que estão em alerta no Estado

"Barragens cumpriram um papel importante", diz Raimundo Colombo em reunião com a Defesa Civil  Defesa Civil/Divulgação
Foto: Defesa Civil / Divulgação
Diário Catarinense
Diário Catarinense

O governador Raimundo Colombo se reuniu com técnicos da Defesa Civil em Blumenau, no Vale do Itajaí, para avaliar a situação das cheias em Santa Catarina nesta manhã. Conforme balanço desta terça-feira, seis rios que são monitorados pelo governo estadual ainda correm o risco de transbordar e inundar as cidades do Norte e da Serra. Após o encontro, que contou com a presença do prefeito Napoleão Bernardes, Colombo seguiu viagem para Rio do Sul. 

Nas áreas mais preocupantes, a Defesa Civil faz a medição do nível dos rios nas cidades de Taió, Rio do Oeste, Rio do Sul, Brusque, Otacílio Costa e em Blumenau. De acordo com Colombo, nestas regiões as barragens ajudaram a minimizar os impactos causados pelas chuvas dos últimos dias. 

— As barragens cumpriram um papel importante por terem uma grande capacidade de contenção. Infelizmente, o volume de chuva é muito alto e por isso a barragem de Ituporanga verteu, por exemplo. Mas estamos cumprindo bem o papel de reter a água — contou o governador.

Por volta das 10h30min, o governador chegou a Rio do Sul para conferir a situação da cidade, que sofre com alagamentos e tem desabrigados. Por lá, Colombo disse que o ministro Helder Barbalho, da Integração Nacional, está atento à situação em Santa Catarina e que a Defesa Civil estadual tem um fundo financeiro para ajudar as prefeituras. Além disso, defendeu a construção de novas minibarragens.

— Estudos apontam a necessidade dessas barragens menores. Essa situação (dos alagamentos) mostra que precisamos continuar fazendo obras. A construção de outras barragens é indispensável — disse Colombo.

O governador também confirmou que o ministério da Integração Nacional autorizou obra para desassoreamento e retificação do rio Itajaí-Açu, no trecho que corta a cidade de Itajaí, próximo da sua foz. 

Atuação da Defesa Civil

A prioridade para esta terça-feira é conseguir estabilizar o nível do reservatório da barragem de Taió para que seja possível manter a capacidade operacional com a chegada da chuva dos próximos dias. Uma comporta foi aberta nesta manhã. 

Diante do atual cenário, a barragem de Ituporanga deve seguir vertendo, e a barragem de José Boiteux deve permanecer com as duas comportas fechadas, preservando as condições hidrológicas dos municípios do Médio Vale e da Foz do Rio Itajaí Açú. 

Em Lages, o nível do Rio Carah baixou durante a madrugada. O mesmo aconteceu nos rios Uruguai, do Peixe, Tijucas e em alguns municípios por onde o Rio Itajaí passa.

O secretário adjunto da Defesa Civil, Fabiano de Souza, informou que a situação deve se complicar ainda mais pois a previsão é de chuva até quinta-feira em todas as regiões do Estado. Nesta manhã, Rio do Sul era a cidade mais crítica e possuía 21 abrigos ativados, o maior número do Estado. Outro município fortemente atingindo pelas chuvas é Lages, que se encontra com sete abrigos ativados e 318 pessoas neste locais.

De acordo com o último relatório divulgado pela Secretaria de Defesa Civil às 17h20min desta segunda-feira, 10.127 pessoas foram afetadas em 88 municípios catarinenses, sendo 1.160 desalojadas, que estão na casa de parentes e amigos, e 1.178 desabrigadas, que estão em abrigos fornecidos pelas cidades. Pelo menos 130 escolas da rede estadual já anunciaram que estarão fechadas nesta terça-feira, o que irá impactar 63 mil alunos, conforme a Secretaria de Educação. 

Leia mais notícias:

Confira a cobertura das chuvas em Santa Catarina

Tempo segue encoberto nesta terça-feira em Santa Catarina

Confira a situação das rodovias estaduais e federais em SC

Barragem de José Boiteux volta a operar e duas comportas estão fechadas

Com a situação mais crítica da Serra, Lages tem 12 bairros afetados e 270 pessoas desabrigadas pelas cheias

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioJogadores da Chapecoense discutem com torcedores https://t.co/azaDH8vCdMhá 2 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioChapecoense perde em casa para os reservas do Atlético-MG https://t.co/knwKS0hN7phá 2 minutosRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros