Cerca de 500 pessoas participam da primeira caminhada de Santiago de Compostela em Florianópolis - Cidades - O Sol Diário

Aberta a todos29/06/2017 | 17h46Atualizada em 29/06/2017 | 17h46

Cerca de 500 pessoas participam da primeira caminhada de Santiago de Compostela em Florianópolis

Foram 21 quilômetros de percurso, marcado por trilhas fechadas e subidas íngremes

Cerca de 500 pessoas participam da primeira caminhada de Santiago de Compostela em Florianópolis Marco Favero/Agencia RBS
Foto: Marco Favero / Agencia RBS

Cerca de 500 pessoas se reuniram na manhã desta quinta-feira, 29, para participar da primeira caminhada de Santiago da Compostela, em Florianópolis. Os peregrinos partiram pouco depois das 9h da Igreja Nossa Senhora de Guadalupe, em Canasvieiras, rumo ao bairro Ingleses. Foram 21 quilômetros de percurso, marcado por trilhas fechadas, subidas íngremes, passando por costões e pelos bairros do Norte da Ilha de Santa Catarina. 

— Graças a Deus tivemos um dia com tempo ótimo. Fomos surpreendidos pela quantidade de gente. E a partir desse caminho muitas luzes se acenderão para fazer o caminho na Espanha — afirmou João Élcio Trierveiler, presidente da Associação Catarinense dos Amigos do Caminho de Santiago de Compostela (ACACSC).

A caminhada inaugural teve apoio da ACACSC para conduzir o grupo pelo trajeto. Segundo os organizadores, o chamado Caminho Brasileiro de Santiago de Compostela é o primeiro e único nas Américas. 

Como não era necessário fazer inscrição, muitos peregrinos não conseguiram a credencial, que é fundamental para carimbar e comprovar o trecho na Espanha, já que a associação tinha apenas 300 documentos disponíveis e esperava cerca de 150 pessoas.

Foto: Marco Favero / Agencia RBS

Por volta das 16h ainda era intensa a chegada dos que concluíram a trilha, chegando ao Santuário Sagrado Coração de Jesus, nos Ingleses, mas a previsão era que mais participantes chegasse até as 17h, já que cada pessoa realiza o trajeto no próprio ritmo. 

Para marcar o encerramento da caminhada, os fiéis participaram de uma missa celebrada pelo padre Mário José Raimondi no Santuário. A princípio, havia sido anunciado que seria com o arcebispo Metropolitano de Florianópolis, Dom Wilson Tadeu Jönck, porém ele está em Lages em função do falecimento do bispo emérito Oneres Marchiori.

Confira o trajeto: 

O trajeto pode ser o pontapé inicial para aqueles que sonham em fazer o Caminho de Santiago de Compostela, na Espanha. O percurso irá fazer parte da rota oficial, que é uma das principais de peregrinação cristã. Funciona assim: após fazer o caminho em Santa Catarina, com os devidos carimbos para comprovar, o viajante faz o restante da quilometragem exigida no país europeu. Para conseguir o certificado de peregrinação oficial são necessários no mínimo 100 quilômetros de caminhada.

Florianópolis entra na rota oficial do Caminho de Santiago de Compostela, na Espanha

Tire suas dúvidas

Caminhada em outras datas: O caminho é público e estará demarcado com indicações do trajeto a ser seguido, podendo ser percorrido por qualquer pessoa em qualquer época. Para ser reconhecido para obtenção da Compostela, o peregrino deverá obter os quatro carimbos junto às quatro igrejas integrantes do trajeto numa credencial oficial.

Grau de dificuldade: de média para alta.

O que usar: é recomendável o uso de botas de trilha, de bastões (cajado) e uma pequena mochila.

O que levar: é recomendável levar água e lanche e frutas para consumo durante a caminhada, uma vez que não haverá pausa para almoço. Importante levar protetor solar e repelente. 

Por dentro do trajeto

O que é o Caminho de Santiago de Compostela

A história oficial relata que em 813, um pastor de nome Pelaio teria sido guiado por uma milagrosa "chuva de estrelas" que indicava a localização de um túmulo, que depois foi anunciado como de São Tiago Maior, apóstolo de Jesus e irmão de São João Evangelista. Nos anos seguintes, o caminho se tornou uma importante rota de peregrinação cristã e possui diversas rotas, algumas saindo da França e Portugal. São pelo menos 12 trajetos oficiais. O chamado caminho francês, um dos mais populares, conta com 775 quilômetros. Para conseguir o certificado, é exigido percorrer, no mínimo, 100 quilômetros a pé ou a cavalo, ou então 200 de bicicleta, até a Catedral de Santiago de Compostela, na Espanha, onde estão os restos mortais do apóstolo. Em 2016, a rota, que é Patrimônio da Humanidade, recebeu 277,8 mil peregrinos. 

Com o tempo, Compostela desenvolveu as próprias tradições, como o da concha (chamada de Vieira) e a seta amarela, que ajudam a orientar os peregrinos durante o trajeto. Outro item é a credencial do peregrino que serve para receber os carimbos em cada local que o participante passa. No final do trajeto, na Catedral de Santiago de Compostela, o viajante recebe o certificado oficial do peregrino.

Leia também

Florianópolis entra na rota oficial do Caminho de Santiago de Compostela, na Espanha

Quer enviar uma carta ou presente para o papa Francisco? Veja como fazer

Congresso dos Gideões recebe verba pública e impacta no comércio e no turismo de Camboriú

Segundo maior santuário de Santa Catarina é inaugurado em Içara, no Sul do Estado

O Sol Diário
Busca