Chuva em SC: confira o número de pessoas atingidas, escolas sem aula, situação dos rios e barragens - Cidades - O Sol Diário

Monitoramento06/06/2017 | 20h04Atualizada em 06/06/2017 | 20h20

Chuva em SC: confira o número de pessoas atingidas, escolas sem aula, situação dos rios e barragens

As cidades com situação mais crítica até o momento são Rio do Sul e Lages. 90 municípios foram atingidos pelas cheias e alagamentos

Chuva em SC: confira o número de pessoas atingidas, escolas sem aula, situação dos rios e barragens Sérgio Medeiros/Arquivo Pessoal
Rio do Sul é o município mais afetado, com 1027 pessoas desabrigadas Foto: Sérgio Medeiros / Arquivo Pessoal
Diário Catarinense
Diário Catarinense

Pelo menos 28,6 mil catarinenses foram afetados pela chuva. O Estado contabiliza 90 municípios atingidos, com 8,6 mil residências impactadas. No total, são 21.260 desalojados em casas de parentes e amigos e 2.346 em abrigos. 

As regiões mais atingidas são o Alto Vale do Itajaí, Planalto Sul e Oeste catarinense. Lages e Rio do Sul são as cidades mais afetadas pelas enchentes, com 406 e 1027 desabrigados, respectivamente. Nos últimos três dias, foram registrados 42 deslizamentos. Além disso, pelo menos 89 mil alunos da rede pública estadual não terão aulas na quarta-feira e sem previsão de retorno. 

Desde o último domingo, 42 deslizamentos de terra foram contabilizados pela Defesa Civil em Santa Catarina. Essa é a ocorrência mais registrada pelo órgão estadual, só ficando atrás de inundação (26), chuva intensa (15), enxurrada (11), alagamento (10), e vendaval (1). Apenas no Vale do Itajaí, por exemplo, houve aproximadamente 150 pontos de deslizamentos e vários outros em rodovias da região.

Escolas

Alunos também são impactados pela chuva. Cerca de 180 escolas não abrirão as portas nesta quarta-feira e mais de 89 mil alunos não terão aulas e sem previsão de retorno. 

A Secretaria de Educação de SC pede que os pais façam contato com as escolas para mais informações sobre o andamento das aulas. As escolas que tiveram suas aulas canceladas farão a reposição, em novo calendário a ser definido pela Gerência Regional de Educação e as escolas. 

Volume de chuva e nível dos rios

Desde o meio da tarde desta terça-feira, os principais rios de Santa Catarina registraram redução dos níveis, segundo a Epagri Ciram. Mas nas estações Encruzilhada II, em Otacílio Costa, Itajaí d¿Oeste, em Rio do Oeste, e Rio Bonito, em Bocaina do Sul, o nível de água continuava subindo. Nos três pontos, a condição ainda é considerada situação de emergência para enchente.

Em Taió, o Rio Itajaí d¿Oeste estava com o nível estável e em Rio do Sul, o Rio Itajaí-Açu registrava queda, com 10,27 metros. O Rio Carahá, em Lages, baixou de 6,90 metros às 16h para 6,75 às 19h. A cidade registrou pico às 2h desta terça-feira, com 7,37 metros e desde então o índice começou a declinar, segundo o Centro Nacional de Monitoramento de Alertas e Desastres Naturais.

A chuva também deu uma trégua à tarde. Em Lages, que registra a maior cheia desde 2011, choveu apenas seis milímetros. Em contrapartida, Taió registrou 39mm, seguido por São João do Itaperiú (38mm), Tijucas (37mm), São João Batista (37mm), Joinville (37mm) e Rio do Sul (36mm).

Barragens

Segundo a Defesa Civil, as barragens do Alto Vale estão desempenhando papel fundamental na prevenção de enchentes. Às 18h desta terça-feira, a barragem Vale Sul, de Ituporanga, está totalmente cheia, vertendo cerca de 1,49 metro de água. A barragem Vale Oeste, de Taió, tem 77% do reservatório ocupado e opera com três comportas abertas. Em José Boiteux, a barragem voltou a operar na noite de segunda-feira, após três anos depois de negociações entre o governo do Estado e indígenas, e está com 12% do reservatório ocupado. 

Leia também:

Confira a cobertura das chuvas em Santa Catarina

SC soma 42 ocorrências de deslizamento de terra; Vale, Oeste e Serra são as regiões com maior risco

Sobe para 27,6 mil o número de pessoas afetadas pela chuva em 89 cidades de Santa Catarina

Com a situação mais crítica da Serra, Lages tem 12 bairros afetados e 270 pessoas desabrigadas pelas cheias

Deslizamento de terra interdita a rua dos Suíços em Joinville

Defesa Civil monitora situação dos rios no Planalto Norte de SC

"Barragens cumpriram um papel importante", diz Colombo em reunião com Defesa Civil 

Em Blumenau, rio atinge 8,39 metros na 9ª medição consecutiva com elevação do nível

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioPrefeitura de Blumenau convoca aprovados em concurso público https://t.co/fr6fZVu9fMhá 1 minutoRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioMotorista é rendido por assaltantes ao parar para atender o celular no Vorstadt de Blumenau https://t.co/0B6Xlau7nVhá 20 minutosRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros