Com água baixando, moradores começam limpeza de casas em Lages - Cidades - O Sol Diário

chuva em SC07/06/2017 | 15h24Atualizada em 07/06/2017 | 15h24

Com água baixando, moradores começam limpeza de casas em Lages

Rio Carahá diminuiu consideravelmente nesta quarta-feira

Com água baixando, moradores começam limpeza de casas em Lages Diorgenes Pandini/DC
Maicon Douglas Machado é morador do Bairro Universitário, uma dos mais afetados Foto: Diorgenes Pandini / DC

Depois de 10 dias de chuvas em Lages e 436,8 mm de água - volume esperado para quatro meses na cidade -, a enchente começa a diminuir nos bairros mais atingidos. Nesta quarta-feira de manhã, moradores começaram a fazer limpeza das residências e a contabilizar perdas. Mesmo com a previsão de chuva para a noite desta quarta e manhã de quinta-feira, a população não quis esperar mais. 

Maicon Douglas Machado, 38 anos, morador do Bairro Universitário, uma dos mais afetados, ficou desde domingo à noite até a madrugada de quarta com a esposa e os dois filhos no segundo andar da casa deles. Como a água baixou, ele desceu e começou a limpeza:

— Perdi o conjunto da cozinha e do quarto. A cama do pequeno também não dá pra ajudar mais. Mas o resto a gente salvou. 

Maicon acredita que a próxima chuva não vai ser como a última e por isso já está organizando a casa Foto: Diorgenes Pandini / DC

Mesmo com o volume de chuva por vir, o pedreiro usa da experiência de 20 anos morando naquele local para prever que, com o volume de chuva previsto, a água não deve chegar até a casa dele novamente. Na sexta-feira, a previsão é de sol, mas com queda brusca na temperatura. Maicon Douglas, porém, já tem sua preferência:

— Prefiro o frio do que isso aqui — diz ao apontar para a água do Rio Carahá que aos poucos sai da frente da casa dele. 

O jovem Saimon, filho de Maicon, ajuda a levar os móveis para casa Foto: Diorgenes Pandini / DC

As escolas das redes municipal e estadual voltaram às atividades nesta quarta. Algumas unidades, ainda atingidas pela água ou que tiveram algum dano, continuam fechadas ou com atendimento restrito. Na cidade, a rotina aos poucos vai sendo retomada. As áreas atingidas, principalmente, começam a ter mais movimento. No Universitário uma das pontes que dá acesso ao Bairro Bom Jesus está quase livre para acesso. Alguns veículos já arriscam passar pelo local.

Leia mais:

Maior ginásio de Lages se torna centro de recebimento de doações para atingidos por enchente

Nível dos rios baixa, mas Defesa Civil mantém alerta para deslizamentos em Santa Catarina

Chuva em SC: confira o número de pessoas atingidas, escolas sem aula, situação dos rios e barragens

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioHomem morre em acidente na rodovia SC-114, em Itaiópolis https://t.co/61C59P34VWhá 1 horaRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioVarredor transforma em arte as areias de Balneário Camboriú https://t.co/JPNLAtWAjyhá 2 horas Retweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros