Moradores de Lages recolhem pertences à espera de mais chuva  - Cidades - O Sol Diário

Chuva em SC06/06/2017 | 16h31Atualizada em 06/06/2017 | 16h40

Moradores de Lages recolhem pertences à espera de mais chuva 

Bairros Habitação e Universitário são os mais atingidos pelo transbordamento do Rio Carahá 

Moradores de Lages recolhem pertences à espera de mais chuva  Diorgenes Pandini / Agência RBS/
Foto: Diorgenes Pandini / Agência RBS

O que antes era asfalto na Rua Belisário Ramos, em Lages, foi tomado pela água do Rio Carahá. Principal via de ligação dos bairros Universitário e Habitação, o local se tornou trânsito de pequenos barcos movidos a remos dos moradores que tentam recuperar pouco do que sobrou da enchente iniciada no último domingo. 

Mesmo tomado pela esperança de recuperarem alguns pertences, as pessoas atingidas sabem que a situação pode piorar. Até sexta-feira há previsão de mais chuva para a cidade. Na tarde desta terça-feira uma pequena garoa se transformou em chuva mais forte. 

Para salvar pelo menos um eletrodoméstico e as roupas, moradores contam com a ajuda de voluntários. O soldado da Polícia Militar Lourison Ezequiel desde segunda-feira de manhã, com uma pequena embarcação a motor, resgata pessoas e apoia na retirada de objetos. Lotado no canil da PM, ele fez pelo menos cinco viagens em diferentes pontos em menos de uma hora na tarde desta terça-feira:

– Meu comandante me dispensou do serviço para que eu pudesse ajudar. 

Foto: Diorgenes Pandini / Agência RBS

Um das pessoas que o soldado ajudou foi Silvio Rodrigues. A água tomou praticamente metade da casa dele no Bairro Universitário. Com a ajuda dos irmãos e da esposa, fez três viagens atrás de roupas e eletrodomésticos pequenos.

– Fomos para a casa de parentes no domingo. Quando saímos, a água não tinha entrado em casa ainda. No outro dia, já tinha subido – recorda Silvio. 

Foto: Diorgenes Pandini / Agência RBS

Para Terezinha de Oliveira, que há 48 anos mora no Universitário, esta enchente só foi superada pela de 1983. Ela não perdeu nada, mas o filho não conseguiu salvar o que tinha em casa. 

– Meu filho e a mulher dele estavam trabalhando e não conseguimos tirar nada – lamentou. 

Pelo menos 6 mil pessoas foram atingidas em Lages. São 40 bairros afetados. Os moradores passaram a tarde desta terça-feira tirando o que conseguiam e diante da água torcendo para a água baixa. A chuva, no entanto, mostrou que não pretende dar trégua.

Na medição feita às 16h, Rio Carahá estava baixando e chegava a 6,9 metros em Lages Foto: Reprodução / Cemaden

Leia também:
Confira a cobertura das chuvas em Santa Catarina

Chuva em SC: confira o número de pessoas atingidas, escolas sem aula, situação dos rios e barragens

Bombeiros fazem parto durante enchente em Rio do Sul, no Alto Vale do Itajaí

VÍDEO: Veja imagens da enchente em Rio do Sul

Sobe para 27,6 mil o número de pessoas afetadas pela chuva em 89 cidades de Santa Catarina

Com a situação mais crítica da Serra, Lages tem 12 bairros afetados e 270 pessoas desabrigadas pelas cheias

Deslizamento de terra interdita a rua dos Suíços em Joinville

Defesa Civil monitora situação dos rios no Planalto Norte de SC

"Barragens cumpriram um papel importante", diz Colombo em reunião com Defesa Civil 

Em Blumenau, rio atinge 8,39 metros na 9ª medição consecutiva com elevação do nível

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioRoberto Alves: Claudinei deve ter se convencido que Marquinhos é titular do Avaí de olhos fechados https://t.co/nwwODlkPS1há 9 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioJustiça obriga União a pagar tratamento para Atrofia Muscular Espinhal a paciente de SC https://t.co/c8k4cJg5Kchá 10 horas Retweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros