Polícia prende em Balneário Camboriú suspeito de manter jovens em situação de escravidão - Cidades - O Sol Diário

Promessa de fama04/06/2017 | 14h14Atualizada em 04/06/2017 | 14h14

Polícia prende em Balneário Camboriú suspeito de manter jovens em situação de escravidão

Ele foi investigado pela polícia do Rio de Janeiro e estava foragido

Diário Catarinense
Diário Catarinense

A Polícia Militar prendeu em Balneário Camboriú um homem com mandado de prisão preventiva emitido pela Justiça do Rio de Janeiro, suspeito de integrar um grupo que prometia fama a jovens do interior e os mantinha em situação análoga à escravidão. Antônio José de Barros Savino, 46 anos, foi detido na Rua Romeu Pereira, no Bairro Pioneiros.

Em novembro do ano passado a polícia do Rio fez uma operação para prender os suspeitos de integrar o esquema, mas eles não foram localizados e estavam foragidos desde então.

Segundo reportagem da TV Globo, exibida na época, o primeiro contato com os jovens era feito através da internet. Com a promessa de construir carreira artística e ficarem famosos, eles eram convencidos a se mudarem para um alojamento no Rio de Janeiro. Lá, tinham os documentos e os cartões de banco retidos.

Os suspeitos chegaram a fazer empréstimo de R$ 30 mil usando os documentos de um jovem. Além disso, segundo a polícia, também os assediavam sexualmente.Os crimes investigados incluem violência sexual mediante fraude, extorsão, estelionato e frustração de direito trabalhista. A polícia não informou sobre a defesa do suspeito preso. 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioRoberto Alves: Claudinei deve ter se convencido que Marquinhos é titular do Avaí de olhos fechados https://t.co/nwwODlkPS1há 9 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioJustiça obriga União a pagar tratamento para Atrofia Muscular Espinhal a paciente de SC https://t.co/c8k4cJg5Kchá 10 horas Retweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros