Saiba como realizar doações para os atingidos pela chuva em SC - Cidades - O Sol Diário

Chuva em SC07/06/2017 | 15h14Atualizada em 07/06/2017 | 15h48

Saiba como realizar doações para os atingidos pela chuva em SC

Orientação é entrar em contato com a Defesa Civil ou prefeitura para se voluntariar 

Saiba como realizar doações para os atingidos pela chuva em SC Diorgenes Pandini/DC
Foto: Diorgenes Pandini / DC
Diário Catarinense
Diário Catarinense

Por conta da chuva que atinge Santa Catarina nos últimos dias, quase 24 mil pessoas estão fora de suas casas, segundo dados da Secretaria de Estado da Defesa Civil. Entre elas, 2.367 estão em abrigos públicos. As cidades mais afetadas são Rio do Sul, no Alto Vale do Itajaí, e Lages, na Serra Catarinense. Para amenizar a situação das famílias, os dois municípios já estão recebendo doações.

A orientação para quem pretende ajudar as famílias atingidas pela chuva é procurar a unidade da Defesa Civil do município. Os voluntários devem se identificar junto às unidades municipais, informarem as funções para qual estão habilitados para exercerem e aguardarem a convocação no momento oportuno para o auxílio. 

A necessidade de doação de materiais também deve ser consultada com as equipes da Defesa Civil de cada cidade e o voluntário deve ligar para a central 199 ou procurar a prefeitura.

Como ajudar:

LAGES - prioridade para alimentos não-perecíveis e água

Sete abrigos estão abertos em Lages, recebendo 406 alojados. A prioridade, no momento, são os alimentos não-perecíveis. Também são necessários materiais de limpeza e higiene, além de água. 

Onde entregar: locais públicos, como a prefeitura, Defesa Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, no posto da Polícia Militar, junto ao Calçadão da Praça João Costa, e principalmente, junto ao Ginásio de Esportes Jones Minosso, no bairro Universitário, onde se concentra o depósito das doações. 

Informações: Central de Atendimento da Defesa Civil, no segundo piso do Terminal Rodoviário, e pelos telefones 199, (49) 98406-4037 e 3222 9661 ou  (49) 3229-3030

Saiba mais: Maior ginásio de Lages se torna centro de recebimento de doações para atingidos por enchente

RIO DO SUL - todo tipo de doação é bem vinda

Pelo menos 308 famílias estão em 22 abrigos da cidade e todo o tipo de doação é bem-vinda. Conforme a Defesa Civil de Rio do Sul, alimentos frescos como pães, bolos, bolachas, leite e achocolatado; além de não perecíveis, como arroz, feijão e macarrão, água, itens de higiene pessoal, produtos de limpeza, cobertores, travesseiros e roupas, inclusive íntimas e de frio, estão sendo recebidas. 

Onde entregar: na sede da Defesa Civil (Rua Mafalda Porto, 333, bairro Progresso) e no Batalhão da Polícia Militar (Rua Tiradentes, 61, bairro Santana). 

Informações: com a Defesa Civil - 199 e (47) 3521-7404 

Saiba mais: Moradores de Rio do Sul começam a limpar casas e comércios

FLORIANÓPOLIS

A Secretaria de Assistência Social de Florianópolis está arrecadando alimentos não-perecíveis, móveis usados, eletrodomésticos e roupas, mas qualquer contribuição é bem vinda. Caso haja a intenção de doar itens de grande porte, a secretaria solicita que seja avisado com antecedência por questões logísticas. As doações são destinadas aos desabrigados em todo o Estado.

Onde entregar: Secretaria de Assistência Social, Rua Arcipreste Paiva, 107, 9º andar, Centro de Florianópolis

Informações: 3213-5589

Leia também:

Confira a cobertura das chuvas em Santa Catarina

Nível cai em média 6 centímetros por hora e Itajaí-Açu já registra um dia inteiro sem alta em Blumenau

Confira o número de pessoas atingidas, escolas sem aula e situação dos rios

Veja quais são as rodovias bloqueadas em Santa Catarina

Saiba como agir em caso de enchentes e alagamentos

Como evitar doenças em enchentes e alagamentos

O que fazer em caso de deslizamento de terra

Lages e Rio do Sul começam a arrecadar donativos

Rio Itajaí-Açu chega a 7,06m em Blumenau e 10,01m em Rio do Sul

Rio Itajaí-Mirim normaliza e serviços são retomados em Brusque

SC soma 42 ocorrências de deslizamento de terra; Vale, Oeste e Serra são as regiões com maior risco

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioApós impasse, obra do Contorno Viário segue paralisada em dois trechos na Grande Florianópolis https://t.co/hieTFPIKDShá 1 horaRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioReunião pública irá tratar questão dos animais de grande porte abandonados em São José https://t.co/JW0iIneFNHhá 1 horaRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros