Só idosos, indígenas e puérperas atingiram meta de vacinação contra a gripe em Santa Catarina - Cidades - O Sol Diário

Vírus07/06/2017 | 15h47Atualizada em 07/06/2017 | 15h50

Só idosos, indígenas e puérperas atingiram meta de vacinação contra a gripe em Santa Catarina

Campanha segue até 9 de junho para toda a população 

Diário Catarinense
Diário Catarinense

Santa Catarina atualmente está com 86,25% de taxa de cobertura da vacina contra a gripe entre os grupos prioritários. Até esta quarta-feira, apenas idosos (97,06%), puérperas (93,72%) e indígenas (99,05%) atingiram a meta da campanha, que é de 90%. 

Os grupos que ainda não atingiram a meta são gestantes (65,79%), crianças (75,62%), trabalhadores da saúde (76,85%) e professores (78,15%).  Os dados foram repassados pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive-SC) nesta quarta-feira. 

A campanha, inicialmente prevista para terminar no dia 26 de maio, foi prorrogada por mais duas semanas, até dia 9 de junho. Porém, desde o dia 5 de junho, as doses foram disponibilizadas para toda a população, até quando durarem os estoques. Foram reservadas vacinas para as gestantes, que podem procurar postos depois da campanha, e para a segunda dose obrigatória das crianças.  


Confira as salas de vacinação na ferramenta da Dive-SC:

Leia também:

Vacinação contra a gripe será liberada para toda a população a partir de segunda-feira  

Campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada em SC

SC soma 11 mortes e 88 casos graves de gripe A neste ano  

Itajaí tem baixa vacinação contra a gripe A entre grupos de risco

Blumenau alcança 76% da meta de vacinação contra a gripe

Mais de 115 mil catarinenses se vacinam no Dia D contra a gripe


 
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros